15 de junho de 2013

A Guerra de Tróia

۞ ADM Sleipnir



Guerra de Tróia foi um conflito lendário de dez anos em que guerreiros gregos sitiaram Tróia, uma cidade na costa noroeste da Ásia Menor. Homero, em seu grande épico, a Ilíada, descreve as atividades de deuses, deusas, heróis e humanos durante o último ano da guerra. Alguns estudiosos acreditam que a história da Guerra de Tróia pode ter sido baseada em memórias de acontecimentos históricos distantes, que se tornaram mitos com o passar do tempo.

De acordo com esses mitos, a Guerra de Tróia estava enraizada em vaidade e paixão. Um jovem chamado Paris, um dos filhos do rei Príamo de Tróia, foi solicitado a escolher a mais bela entre as três deusas: Afrodite, Atena e Hera. Cada deusa ofereceu a Paris um presente especial, caso ele as declarasse a mais bela. Paris escolheu Afrodite, que lhe havia prometido a mulher mais bonita do mundo.



Afrodite levou Paris até Esparta, na casa de um príncipe grego chamado Menelau. Helena, a esposa de Menelau, era considerada a mulher mais bonita do mundo. Paris se apaixonou por Helena e levou-a para Tróia. Após isso, Menelau pediu a seu irmão, o rei Agamenon para levar os príncipes e guerreiros da Grécia contra Tróia para resgatar Helena e punir os troianos.

Após alguns atrasos, os gregos chegaram até Troía. Eles cercaram a cidade, mas tiveram pouco progresso na guerra durante cerca de nove anos. A Ilíada retoma a história exatamente quando Agamenon insulta Aquiles, seu bravo guerreiro. Furioso com Agamenon, Aquiles se retirou do conflito e amaldiçoou seus camaradas gregos.



Enquanto isso, Heitor, outro filho de Príamo e  líder dos guerreiros troianos, liderou uma força para fora da cidade sitiada para atacar os gregos. Ele matou Pátroclo, que havia pego emprestado a armadura de seu amigo Aquiles. Cheio de dor e raiva, Aquiles retornou ao confronto e numa luta matou a Heitor. Em seguida, ele arrastou o corpo de Heitor atrás de seu carro, privando os troianos de realizarem um funeral apropriado. Este ato desonroso irritou os deuses, que convenceram Aquiles a devolver o corpo para a família de Heitor.

Paris matou Aquiles com uma flecha certeira em seu calcanhar, apenas para ser morto, por sua vez, por um arqueiro grego. Após a morte de Aquiles, os gregos reconheceram Odisseu como o seu melhor guerreiro. O valente Ajax, irritado por ter sido passado, tentou matar os outros líderes gregos e, finalmente, cometeu suicídio. Enquanto isso, o inteligente Odisseu veio com um plano para derrotar Tróia com malandragem ao invés da força direta. Ele instruiu os gregos a construírem um enorme cavalo de madeira e oco sobre rodas. Os soldados gregos se esconderam dentro do cavalo, que foi levado até os portões de Tróia. Os troianos acordaram e encontraram essa maravilha fora de suas portas, e trouxeram-no para  o centro da cidade. Naquela mesma noite, os soldados gregos desceram do cavalo e abriram os portões da cidade para que mais gregos entrassem. Então eles incendiaram Tróia, e mataram Príamo e sua família. O termo "cavalo de Tróia" é usado até hoje para se referir a algo que parece ser um presente inofensivo, mas traz perigo insuspeitado ou destruição dentro.

A Guerra de Tróia também forneceu material mitológico para os romanos, que traçaram sua ascendência até Enéias, um nobre troiano que escapou da destruição da cidade. Europeus medievais criaram novos poemas e lendas sobre a Guerra de Tróia, muitas vezes apresentando o ponto de vista Troiano. Uma lenda britânica, por exemplo, afirmou que a Grã-Bretanha tinha sido fundada por descendentes de Enéias e dos últimos Troianos.



Agradecemos sua visita e se gostou da leitura, deixe seu comentário! Compartilhe também nossos posts nas redes sociais!

5 comentários:

  1. Seria fascinante se encontrassem alguma prova definitiva da existência de Troia, todavia, com todo esse tempo de escavações acho pouco provável

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como assim "alguma prova definitiva"? A cidade de Troia existiu e já foi achada há algum tempo. Ficava na atual Turquia. Inclusive diversas cidades foram construídas, umas sobre as outras, no mesmo sítio. O que não foi comprovado arqueologicamente foi a Guerra de Troia.

      Excluir
  2. muito show...tenho que apresentar uma peça sobre isso :3 *--*

    ResponderExcluir
  3. GOSTEI DA HISTÓRIA DA GUERRA DE TRÓIA.
    ESTOU FAZENDO UM TRABALHO DE SOCIOLOGIA SOBRE O TEMA!

    ResponderExcluir
  4. o melhor filme que já vi até hoje. "TRÓIA" mitológico...

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby