21 de março de 2014

A Mansão Himuro

۞ ADM Sleipnir



Segundo uma famosa lenda urbana japonesa, a Mansão Himuro (ou Mansão Himikyru como às vezes é chamada) teria sido o palco do mais terrível massacre da história do país, onde sete membros de uma mesma família foram brutalmente assassinados durante um horrendo ritual. Muitos anos depois, coisas inexplicáveis que desafiam a realidade continuariam acontecendo no local onde o grupo morreu. A localização exata da Mansão Himuro é desconhecida, mas as lendas situam a mansão em uma região rochosa, um pouco além dos limites da cidade de Tóquio. 

A lenda conta que por muitas gerações, a família Himuro participava de um estranho ritual xintoísta conhecido como "O Ritual de Estrangulamento", que tinha como objetivo selar o karma mau que emergia da Terra, a cada meio século. A versão mais popular da lenda afirma que o karma mau emergia no mês de dezembro (outras versões simplesmente dizem "até o final do ano") a partir de um portal localizado no terreno da mansão. A fim de evitar isso, uma menina era escolhida no nascimento pelo líder da família e isolada do mundo exterior, a fim de impedí-la de desenvolver qualquer ligação com o mundo exterior, e caso isso ocorresse, arruinaria todo o ritual. 

No dia do Ritual de Estrangulamento, a menina escolhida era arrastada para fora da mansão e era presa com cordas pelos seus tornozelos, pulsos e pescoço. As cordas eram anexadas à bois ou cavalos, que puxavam a menina em direções diferentes, esquartejando o seu corpo. As cordas utilizadas para amarrar a menina eram então embebidas em seu sangue e colocadas sobre a porta de entrada do portal. Eles acreditavam que isso iria selar o portal durante mais 50 anos, até que o ritual tivesse de ser repetido. 



Durante o último Ritual de Estrangulamento realizado pelos Himuro, é dito que a menina escolhida para o ritual tinha se apaixonou por um homem que tentou salvá-la do ritual. Este laço com o mundo exterior contaminou seu sangue e espírito e arruinou o ritual completamente. Ao saber disso, o líder da família Himuro ficou completamente insano. Ele pegou sua katana e assassinou brutalmente todos os membros da família, e, com medo do que iria acontecer em breve, caiu sobre sua própria lâmina. 

Esta é a base da lenda sobre a Mansão Himuro. Algumas lendas dizem que as almas da família assassinada vagam pela mansão tentando repetir o ritual falho usando quem entra no prédio abandonado como sacrifício. Respingos de sangue podem supostamente serem vistos nas paredes, como se fossem respingos da lâmina de uma espada após atravessar a carne. Muitos relataram terem visto espíritos e aparições vestidas completamente de branco, lavando roupas e preparando o terreno para o ritual. 

O interesse pela Mansão Himuro atingiu o seu ápice devido à sua inclusão na história por trás do popular jogo Fatal Frame. Aqui está uma citação de Makoto Shibata, produtor chefe de Fatal Frame, a respeito da lenda: 

"Em uma área fora de Tóquio, encontra-se uma mansão a qual dizem que sete pessoas foram assassinadas de uma maneira terrível. Na mesma propriedade, se encontram três residências unifamiliares que cercam a mansão, todas as quais possuem rumores de ter ligações com o passado violento da mansão. Diz-se que há uma rede subterrânea de túneis na propriedade, mas ninguém sabe quem fez esses túneis ou com que finalidade. Muitos fenômenos inexplicáveis ​​foram relatados ocorrendo na propriedade. Marcas de mãos feitas com sangue foram encontradas espalhadas por todas as paredes. Espíritos foram vistos no local ... mesmo em plena luz do dia. Uma escada estreita leva a um sótão, onde um talismã para selar espíritos está lá para trancá-lo. Homens que viram esse talismã, tiveram os seus corpos encontrados depois todos quebrados e com marcas de cordas nos pulsos. Há uma antiga estátua quebrada de uma mulher de kimono, mas a cabeça está desaparecida. Se você tirar uma foto de uma certa janela, uma jovem pode ser vista na revelação do filme. Esses incidentes provocaram medo nas pessoas de Tokyo e muitos acreditam que os que moram perto dessa área são amaldiçoados. As mortes daquelas sete pessoas são inexplicáveis ​​até hoje.

Não existem registros policiais ou jornais antigos sobre tal assassinato, e baseando-se nesse relato acima, é quase certo que essa lenda urbana na verdade não passa de uma criação dos produtores do jogo, para ajudar a promovê-lo, o que no final deu muito certo. A lenda ainda atrai muitos turistas que buscam encontrar a localização exata da mansão.


Alguns dizem que essa seria a mansão Himuro. Eu particularmente duvido muito ^^.

Agradecemos sua visita e se gostou da leitura, deixe seu comentário! Compartilhe também nossos posts nas redes sociais!

3 comentários:

  1. Não sabemos se é verdade ou não... o próprio do ser humano, é que ele é muito extremista nas suas colocações. Digo isso, porque esse desmembramento existiu, em outras histórias por aí. Veja Tupac Amaru: no séc. XVI, os espanhóis fizeram exatamente isso com ele: o desmembraram com cavalos; correndo em lados opostos. E mudando um pouco a ótica, também temos a Unidade 731, que foi (acreditem ou não), pano de fundo para a criação de Residente Evil. O experimento japonês de cobaias humanas, que o próprio Japão passou mais de 40 anos negando veemente, e depois acabou admitindo, que de fato existiu. Publiquem sobre à Unidade 731, e entenderão à história. Claro os produtores de Residente Evil, criaram uma aura misteriosa para alavancar às vendas, e dar mais notoriedade ao jogo, isso nós sabemos. Mas com meias-verdades, é que à verdade aparece. Obrigado pela oportunidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado você pela sua opinião. Irei pesquisar sobre a Unidade 731 e conforme for estarei postando aqui no blog futuramente.

      Excluir
  2. Himuro a Mansão, como diz a lenda japonesa, parece não ter evidências fidedigno. Até mesmo na data eles vacilam, por uns contar tal ano, e outros tal dia. na íntegra! Os sombrios anos de uma família que conhecida por Kenichi, e reza a lenda que eram apenas 4 membros, os outros dois conseguiram efetuar uma desesperante fuga. Pois saíram pela chaminé, tempos depois que os policiais o interrogaram, um deles estavam sem o lado direito de seu escroto, quanto ao outro tinha perdido um olho. O jovem que relatou o suposto massacre, revelou as autoridades que era impossível ajudar os pais, e suas duas irmãs de 11 e 13 anos, o ser que os matava e devorava ao mesmo tempo, tinha a forma de um demônio de pernas esqueléticas, dizia apenas que fazia aquilo porque a sua mulher o fazia um cabrão. Depois de dois dias quando o agente de policia os procurou, para mais uma audiência, os jovens tinham sidos mortos brutalmente. Então anos mais tarde, se descobriu que na cidade de Tottori, província do Japão. uma mulher da família Kenichi, traía seu marido sorrateiramente. Ele se degolou na cozinha quando à pegou pela décima vez, em casa com o amante em sua cama. Dizem que tal espírito matou o sogra, a sogra e os cunhados e cunhadas. A mansão dos multimilionários, no caso a mansão Himuro, é assombrada até os dias de hoje, apenas o jardineiro de tantos anos, que ali trabalha nos jardins, consegue se atrever a dormir lá, alguns garotos espiando a mansão, contam que sempre veem o jardineiro Sr. Tanaka, acendendo cigarros para um homem, ou ser que usa capa preta, e chapéu vermelho.

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby