27 de maio de 2014

Arash

۞ ADM Sleipnir


Arash, o arqueiro (persa: آرش کمانگیر, Āraŝe Kamāngir‎) é um heróico arqueiro da tradição oral iraniana e da mitologia persa, que segundo a lenda, sacrificou sua vida para a glória de seu país.

Quando a guerra sangrenta e duradoura entre Irã e Turan chegou ao fim, Manuchehr e Afraisab, os respectivos governantes do Irã e de Turan decidiram declarar a paz e fixar a fronteira entre os seus reinos. Os iranianos tinham sido derrotados, e com o propósito de humilhar os vencidos iranianos, os turanianos propuseram um acordo onde qualquer terra que ficasse dentro do intervalo de um tiro de arco deveria ser devolvido à Manuchehr e os iranianos, e o restante deveria ficar com Afraisab e os turanianos. Um anjo instruiu Manuchehr a construir um arco e flecha especial, e Arash foi convidado a atirar essa flecha do topo do monte Damavand*, o ponto mais alta do Irã. 


Após escalar o monte Damavand, Arash mirou em direção às terras turanianas, puxou seu arco com toda a sua força e atirou. A flecha percorreu cerca de 2.250 km durante toda a manhã e caiu ao meio-dia, na margem do rio Oxus**, onde hoje é a Ásia Central. O rio foi o limite entre o Irã e Turan durante séculos. Após cumprir seu objetivo, Arash caiu no chão do Monte Damavand e ali faleceu. O corpo de Arash nunca foi encontrado, e algumas versões da lenda dizem que Arash se tornou um com a flecha. Existem histórias de viajantes que se perderam no monte Damavand, onde eles contam que ouviram a voz de Arash, que os ajudou a encontrar o seu caminho e salvou suas vidas.

O nome Arash continua sendo um dos nomes mais populares entre os iranianos .

*, **: Os lugares de onde Arash atirou a flecha e onde ela caiu variam conforme as fontes. Como são muitas variações resolvi não citar todas aqui, mantendo somente essas. 



Agradecemos sua visita e se gostou da leitura, deixe seu comentário! Compartilhe também nossos posts nas redes sociais!

Nenhum comentário:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby