20 de novembro de 2014

Ixtab

۞ ADM Sleipnir



Ixtab (em quiché: Xťab, "A da corda"; pronuncia-se Ishtab) era a deusa maia do suicido, mais precisamente por enforcamento. O suicídio era uma forma honorável de morrer para os antigos maias, com um status comparável ao das vítimas de sacrifícios, mulheres que morriam ao dar a luz e guerreiros mortos em combate. 

Ixtab atuava como um psicopompo, protegendo os suicidas e guiando-os até um paraíso cheio de delícias e prazeres, onde repousavam eternamente à sombra de uma árvore gigante chamada Yaxche, "a árvore da vida"

A única imagem conhecida de Ixtab provém do Códice de Dresden, onde ela é representada como um cadáver em estado de decomposição, de olhos fechados e enforcada nos galhos de Yaxche.



Agradecemos sua visita e se gostou da leitura, deixe seu comentário! Compartilhe também nossos posts nas redes sociais!

6 comentários:

  1. muito bom obrigado por falar dessa maravilhosa cultura novamente

    ResponderExcluir
  2. ali vc escreveu portegendo os suicidas, sem querer ser chato só corrigindo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tranquilo. Obrigado por avisar!

      Excluir
    2. agradeço suas colocações sera muito proveitoso uma vez que minha monografia de tcc é sobre suicídio. obrigada!

      Excluir
  3. conhecia um cara que se matou enforcado, deixou um bilhete com o desenho dela, dizendo que ela faria sua passagem pro paraiso, tenso familia dele sofreu demais

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby