5 de fevereiro de 2018

Piruquina

۞ ADM Sleipnir


A Piruquina (do mapudungun piru: "verme" e kunga: "linhagem"; literalmente "descendente de vermes") é um animal fantástico presente na mitologia chilota. Ela possui a aparência de uma serpente gigante, inicialmente com escamas com uma forte coloração vermelha. Ela habita o subterrâneo durante cerca de 30 anos e, quando completa seu desenvolvimento, emerge para a superfície e as escamas de seu corpo mudam para uma cor vermelha mais escura e terrosa.

Ao emergir da terra, a Piruquina ergue a cabeça, respira, abre os olhos e depois de alguns minutos se desintegra, deixando em seu lugar um conjunto de vermes escuros. Se durante este processo de transformação ela for vista por algum ser humano, este morre no ato. Não se sabe ao certo como esta morte acontece, mas provavelmente seria por sufocamento devido ao mau cheiro exalado pela criatura durante sua transformação.

Arte de Fernanda Godoy Guerrero

Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

Nenhum comentário:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby