23 de maio de 2018

Gibil

۞ ADM Sleipnir

Arte do mobile game Tower of Saviors
Gibil (também GabilGirra ou Gerraacadiano girru) é o deus do fogo na mitologia suméria. Ele representava o fogo em todos os seus aspectos: de uma força destrutiva ao calor ardente do verão da Mesopotâmia. Ele era também o senhor da metalurgia, uma vez que o fogo era essencial para os ferreiros moldarem suas criações.

Em algumas versões do Enuma Elish, Gibil é dito manter a ponta afiada das armas, ter ampla sabedoria, e que sua mente é "tão vasta que todos os deuses, todos eles, não podem entendê-la". 

Gibil é descrito como filho de Anu (An) com a deusa Shala ou, alternativamente, como filho de Anu e Ki ou ainda de Ishkur e Shala. Ás vezes ele é dito ser filho de Nusku, deus sumério da luz e também do fogo, com quem costuma ser equiparado.


fontes:
  • Gods, Demons and Symbols of Ancient Mesopotamia - An Illustrated Dictionary, por Jeremy Black e Anthony Green;
  • Encyclopedia of Ancient Deities, de Charless Russel Coulter Patricia Turner.
Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

Nenhum comentário:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby