21 de dezembro de 2018

Tsurara-onna

۞ ADM Sleipnir

Arte de Ebony Dragon
Tsurara-onna (つらら女, "mulher sincelo") é um yokai do folclore japonês, que segundo as lendas surge através do sentimento de solidão de homens solteiros durante o inverno. Quando um homem olha saudosamente para um belo e forte sincelo (pingente de gelo) pendurado em um telhado e reflete sobre sua solidão, uma tsurara-onna pode aparecer logo em seguida. 

Uma tsurara-onna possui a aparência de uma mulher comum, embora seja excepcionalmente bela, assemelhando-se bastante a outro yokai do inverno, a Yuki-onnaApesar de suas origens gélidas, tsurara-onna pode ser um espírito muito caloroso e amoroso, ao contrário da Yuki-onna que é impiedosamente mortal. De fato, muitas histórias contam sobre uma tsurara-onna que se apaixonou e se casou com um humano. Esses casamentos no entanto, sempre terminam de forma trágica. A tsurara-onna inevitavelmente desaparece quando a primavera chega, deixando seu companheiro confuso e de coração partido, e quaisquer encontros futuros no inverno seguinte geralmente não terminam bem para nenhuma das partes.

Por parecer e se comportar como mulheres humanas comuns, é muito difícil identificar um tsurara-onna. Um sinal reconhecível é a sua falta de vontade de entrar no banho. Ocasionalmente, as histórias falam de uma mulher que se recusa a tomar um banho, não importa o quanto o marido a pressione. Eventualmente, cansada de resistir, ela cede e entra no banho. Mais tarde, quando o marido vai ao banheiro checar, tudo o que ele vê são alguns pequenos fragmentos de gelo flutuando na banheira, e sua esposa não está em lugar nenhum.

Existem incontáveis ​​contos envolvendo uma tsurara-onna. Eles podem ser encontrados em todas as prefeituras onde a neve cai, e cada um tem sua própria reviravolta. No entanto, existem alguns temas comuns (amor, casamento e traição) encontrados na maioria das versões da história. Muitos deles são semelhantes ou até idênticos às histórias sobre a Yuki-onna. 

Uma histórica icônica vem da província de Echigo, parte da prefeitura de Niigata nos dias atuais. Ela conta sobre um homem jovem e solteiro, que em certa noite invernal admirava melancolicamente de sua janela a adorável paisagem nevada. Em seu coração, ele desejava poder encontrar uma esposa tão bela quanto os pingentes de gelo pendurados em seu telhado. De repente, ele ouviu uma batida em sua porta. A voz de uma mulher chamou e era tão bonita e clara como gelo.

-"Desculpe! Eu estava viajando por essa estrada, mas a tempestade de neve tornou-se muito feroz e não posso viajar mais. Posso me hospedar em sua casa durante esta noite?

Arte de Hallowie29
O jovem naturalmente aceitou, e ficou encantado ao ver que o rosto da mulher era tão belo quanto sua voz. Ele trabalhou duro para garantir que sua estadia fosse a mais agradável possível.

Vários meses depois, a mulher ainda permanecia hospedada na casa ... Na verdade, ela e o jovem haviam se apaixonado profundamente e ela se esqueceu completamente de sua jornada. Eles se casaram e ficaram muito felizes juntos.

Certo dia, a linda jovem saiu para fazer compras, mas não retornou. O jovem esperou por seu retorno dia após dia. A neve derreteu, as flores de ameixa floresceram e logo chegou a primavera. O jovem perguntava a todos que encontrava se eles haviam visto sua esposa. Ele a procurou por todos os lugares, mas não havia nenhum sinal dela. Ninguém que ele encontrou soube dizer-lhe qualquer coisa também. Ele lentamente se forçou a aceitar que ela o havia deixado. Com o tempo, o coração partido do jovem se curou e ele se casou novamente com uma jovem de sua aldeia.

No inverno seguinte, durante uma nevasca, o jovem viu-se olhando pela janela os longos pingentes de gelo pendurados no telhado. De repente, houve uma batida na porta. A bela jovem que havia desaparecido ao final do inverno passado estava do lado de fora de sua casa. O jovem ficou chocado.

-“Eu procurei por você todos os dias! Qual o significado disso? Como você pode simplesmente desaparecer assim sem uma palavra? ”-  ele gritou.

-“Tenho meus motivos … mas prometemos nos amar para sempre. Você disse que o nosso vínculo era tão longo e sólido quanto os belos pingentes pendurados no teto. E ainda assim ... você se casou novamente" - ela lhe respondeu, saindo da casa com uma expressão triste em seu rosto.

O jovem ia atrás dela, quando de repente ouviu uma voz de dentro da casa. Era sua nova esposa, perguntando o que estava acontecendo.

-"Não é nada. Fique aí dentro."

De repente, houve um estrondo seguido por um grito perto da frente da casa. A nova esposa correu para a porta da frente para ver o que havia acontecido. Lá, deitado no jardim da frente, estava seu marido. Ele estava morto, perfurado na cabeça por um enorme pingente de gelo que havia caído do telhado.


fonte:

Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

Nenhum comentário:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby