6 de julho de 2020

Fionn Mac Cumhaill

۞ ADM Sleipnir


Fionn Mac Cumhaill foi um mítico guerreiro da mitologia irlandesa, figurando também nas mitologias da Escóca e da Ilha de Man. As histórias de Fionn e seus seguidores, os Fianna, formam o Ciclo Feniano (an Fhiannaíocht), em grande parte narrado pelo próprio filho de Fionn, o poeta Oisín. O nome Fionn é derivado da palavra gaélica que se traduz como "loiro", provavelmente uma referência ao cabelo do herói. Seu nome possui uma enorme variedade de grafias e formas anglicizadas, dentre elas as mais comuns estão Finn MacCool e Fionn MacUmaill. 

Família, nascimento e infância


Fionn era filho de Cumhaill, antigo líder dos Fianna, um grupo de guerreiros mercenários que viviam separados do resto da sociedade gaélica. Sua mãe chamava-se Muirne, e era filha de um druida chamado Tadg mac Nuadat. Cumhaill sequestrou Muirne após Tadg não permitir que eles se casassem. Tadg apelou para o Grande Rei da Irlanda na época, Conn Cétchathach (Conn das Cem Batalhas), que declarou guerra contra Cumhall. A subsequente Batalha de Cnucha resultou na morte de Cumhaill pelas mãos de Goll Mac Morna, que assumiu a liderança dos Fianna.

Muirne não teve tempo para luto, pois já estava grávida de Cumhaill, e sabia que ela e seu filho estavam em perigo. Acompanhada por duas amas, Muirenn fugiu e se escondeu em uma floresta grande, densamente arborizada em torno dos montes, conhecidos como Sliab BladmaLá, ela deu à luz um filho, a quem deu o nome de Deimne. Muirenn sabia que seu filho ainda estava em perigo, então após se recuperar do parto, ela o deixou sob os cuidados das duas amas, enquanto tentava atrair seus inimigos para longe de seu filho. Muirenn fugiu para Munster, onde ela mais tarde casou-se com o seu rei.


Deimne cresceu aprendendo a sobreviver na floresta, sendo criado por suas duas amas: a druidesa Bodhmall (que era irmã de Muirenn) e a guerreira Liath Luachra. Com elas, ele aprendeu a caçar, e tornou-se surpreendente forte para um jovem rapaz. Ele se tornou tão rápido que podia perseguir qualquer animal selvagem. Deimne também aprendeu como tratar outras pessoas com respeito e como ser cortês, especialmente com mulheres.

Suas amas também lhe ensinaram tudo sobre o clã Baiscne e sua história, incentivando-o a tomar o lugar de seu pai como líder dos Fianna. Quando Deimne completou 7 anos de idade, suas amas o enviaram para  servir aos reis locais, onde ele encantou todos que conheceu. No entanto, uma vez que percebiam que ele era de fato o filho de Cumhaill, cada um o forçava a ir a outro lugar, pois não eram capazes de oferecer proteção suficiente contra seus inimigos.

Embora ele tivesse sofrido uma terrível sorte até agora, a sorte de Deimne prestes a mudar. Enquanto vagava entre as terras de vários reis, ele encontrou nas imediações do rio Boyne um poeta e druida chamado Finnegas. Finnegas passou anos procurando pelo Salmão da Sabedoria, um peixe mítico que podia transmitir todo o conhecimento do mundo para aquele que provasse seu sabor, e Fionn apareceu justamente quando Finnegas finalmente o havia capturado. Finnegas ordenou que seu novo seguidor cozinhasse o salmão para ele, mas que não o provasse sob nenhuma circunstância. Enquanto cozinhava o peixe, Deimme queimou seu polegar na carne quente do mesmo e instintivamente colocou o polegar na boca, ganhando instantaneamente a sabedoria que Finnegas buscou por anos. A partir desse momento, Deimne passou a se chamar Fionn, pois segundo Finnegas, ele agora era o mais sábio.



Vida Adulta

Tornando-se Líder dos Fianna

Com uma habilidade natural para luta e caça e agora com todo o conhecimento do mundo à sua disposição, Fionn estava pronto para ser um líder notável. O passo natural era que ele se tornasse líder dos Fianna, assim como seu pai, no entanto, era improvável que as pessoas aceitassem o filho de um traidor como líder. 

Tudo isso mudou durante um banquete em Tara, corte do Grande Rei da Irlanda, onde todos os anos um monstro cuspidor de fogo chamado Aillen aparecia durante o Samhain e causava grandes transtornos. Assim que aparecia, Aillen usava uma harpa mágica (que algumas fontes alegam se tratar da harpa do deus Dagda) para por todos para dormir, e em seguida colocava fogo nas colheitas, arruinando o Samhain daquele ano. Até mesmo os Fianna, liderados por Goll mac Morna, eram incapazes de impedi-lo. Os ataques de Aillen já duravam 23 anos, mas o ano em que Fionn esteve presente seria o último.


Quando Aillen chegou tocando sua música, Fionn usou uma lança mágica que pertenceu ao seu pai para marcar sua própria testa. A dor causava pela marca manteve Fionn acordado, permitindo-lhe perseguir e matar Aillen com a mesma lança. Sua nobreza foi reconhecida por todos, e a partir daquele momento, Fionn se torna o novo líder dos Fianna, substituindo Goll mac Morna, que também lhe entregou a posse da colina de Allen como forma de recompensá-lo pela morte de seu pai.

A partir de então, Fionn atuou como líder dos Fianna, vencendo muitas batalhas, curando doentes, caçando nas florestas, sempre explorando suas capacidades físicas e seu vasto conhecimento.



Fionn e Sadbh

A esposa mais famosa de Fionn foi Sadbh, que havia sido transformada em um cervo pelo druida Fer DoirichCerto dia, Fionn caçava cervos na companhia de seus leais cães Bran e Sceolang. Quando ele conseguiu capturar um dos cervos, seus cães o impediram de matá-lo, e Fionn levou o animal para sua casa em Allen. Durante a noite, o cervo se transformou numa bela mulher, pois dentro da casa de Fionn, aquela magia não se manifestava. 

Arte de Nastya Orekhova
Fionn e Sadbh se casaram, e pouco tempo depois Fionn sai para expulsar invasores, enquanto ela permanece dentro da casa. Nesse momento, Fer Doirich incorpora Fionn e tenta a moça para sair da casa, e ao fazê-lo, ela retornou ao estado de animal imediatamente. Fionn sai à procura de sua esposa mas encontra somente Oisín, que era seu filho. Sabdh nunca mais foi vista.

A Fuga de Diarmuid e Grainne


Mais tarde, quando Fionn já era velho, Cormac mac Airt (Grande Rei da Irlanda na época) prometeu-lhe a mão de sua filha Grainne. O casamento dos dois acabou não sendo possível pois Grainne não queria se casar com Fionn, e durante a festa de casamento se apaixonou por Diarmuid Ua Duibhne, outro famoso guerreiro dos Fianna, que possuia uma maldição que fazia qualquer mulher que olhasse para ele se apaixonar de imediato. Diarmuid e Grainne acabaram fugindo e Fionn colocou seus homens atrás do casal. Após muita perseguição e luta, Fionn só permitiu que os dois ficassem juntos pois quis atender o pedido feito a ele pelo deus Angus Mac Og, pai adotivo de Diarmuid.

Diarmuid e Grainne
Anos mais tarde, Fionn viria a se vingar de Diarmuid. Fionn possuía o dom de curar qualquer um que bebesse água diretamente em suas mãos. Durante uma visita ao casal, Fionn convidou Diarmuid para uma caçada, e durante a mesma, Diarmuid acabou sendo ferido gravemente por um javali. Fionn foi buscar água para que Diarmuid pudesse beber e curar seus ferimentos, mas por duas vezes ele a deixou escorrer por entre os dedos antes que ele pudesse trazê-la para Diarmuid bebê-la. Pressionado por Oisín e Caílte, que eram amigos pessoais de Diarmuid, Fionn foi buscar água uma terceira vez, mas Diarmuid morreu antes que Fionn retornasse.

Morte

A morte de Fionn Mac Cumhaill está envolta em mistério. Diz a lenda que após a morte do rei Cormac, seu filho Cairbre Lifechair assumiu o trono e decidiu acabar com os Fianna, pois não aprovava os altos preços exigidos pelo grupo para a proteção do reino. 

Cairbre formou um exército com outros chefes desapontados e provoca a guerra ao matar o servente de Fionn. Goll se alia com o rei contra o Clã Bascna na batalha. Algumas histórias dizem que cinco guerreiros matam Fionn na batalha, enquanto outras dizem que ele morre em outra batalha pelas mãos de Aichlech Mac Dubdrenn. Entretanto, em ambos os casos somente vinte guerreiros sobrevivem, incluindo seu filho Oisín e seu neto Caílte. 

Uma lenda sugere que ele não está morto, mas apenas dormindo em uma caverna sob a cidade de Dublin, cercado pelos Fianna, e um dia eles irão acordar e defender a Irlanda na hora de sua maior necessidade. Um outro relato diz que eles irão surgir quando a Dord Fiann, a trompa de caça dos Fianna, for tocada três vezes, e eles serão tão fortes e vigorosos como sempre foram.


Fionn Gigante

Existem algumas lendas irlandesas que descrevem Fionn como sendo um gigante. Segundo uma dessas lendas, ele queria enfrentar numa luta um gigante escocês chamado Benandonner, mas havia um problema: não existia uma embarcação com tamanho suficiente para atravessar o mar e levar um ao encontro do outro. A lenda diz que Fionn resolveu o problema construindo uma calçada que ligava os dois lados, usando enormes colunas de pedra. Benandonner aceitou o desafio e viajou pela calçada até à Irlanda. Ele era mais forte e maior do que Fionn, e ao perceber isso, a esposa de Fionn decidiu vestir seu marido gigante como um bebê. Quando Benandonner chegou à casa dos dois e viu o bebê, pensou: “Se o bebé é deste tamanho, imagina o pai!”, e então fugiu correndo de volta para a Escócia. Para ter certeza de que não seria perseguido por Fionn, o gigante destruiu a estrada enquanto corria, restando apenas as pedras que agora formam a Calçada dos Gigantes.

Outra lenda conta como Fionn jogou um grande pedaço de terra para o mar em um inimigo, e este pedaço de terra veio a se tornar a Ilha de Man. O buraco deixado pelo amontoado de terra que ele jogou tornou-se o Lago Neagh.



Apoie nosso trabalho! Deixe um comentário, dê sugestões, elogie, critique. Mantenha o blog vivo. Siga-nos também no instagram @portaldosmitos

Um comentário:



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo. Porém pedimos que evitem:

1)Xingamentos ou ofensas gratuitas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Desrespeitar gratuitamente o autor da postagem ou outro visitante. Mantenha a polidez;
6)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby