13 de dezembro de 2019

Okuri-inu

۞ ADM Sleipnir

Arte de Daniel Bernal
Okuri-inu (japonês 送り犬 ou おくりいぬ, "cão que escolta"; também chamado Okuri-ōkami, "lobo que escolta") é um feroz yokai semelhante a um cão ou lobo, dito assombrar passagens nas montanhas, estradas florestais e outros locais similares durante a noite. Ele persegue viajantes solitários, mantendo uma certa distância deles mas seguindo-os passo a passo, desde que continuem andando. Se o viajante tropeçar e cair durante seu trajeto, o Okuri-inu irá atacá-lo e rasgá-lo em pedaços. 

Ser perseguido por um Okuri-inu é uma bênção e uma maldição ao mesmo tempo. Por um lado, se alguém tropeçar e cair, ele atacará com uma velocidade sobrenatural e o devorará. Por outro lado, são tão ferozes que, enquanto seguem alguém, nenhum outro yokai ou animal selvagem perigoso se aproxima. Enquanto a pessoa seguida por um Okuri-inu se manter de pé, ela está segura ... mas viajar no escuro por trilhas rochosas infestadas de raízes, sem acabar eventualmente tropeçando e caindo, não é fácil.

O Okuri-inu tem um relacionamento especial com um pássaro yokai chamado Yosuzume. O canto noturno deste yokai costuma ser um aviso de que um Okuri-inu está seguindo você. Se alguém ouvir o som emitido por um Yosuzume (algo como "chi, chi, chi"), é um sinal de que um cuidado extra deve ser tomado para que o Okuri-inu não tenha um jantar naquela noite.


No infeliz caso de alguém seguido por um Okuri-inu tropeçar na estrada, há uma chance de sobrevivência: se ela fingir que tropeçou de propósito, rapidamente se acomodando e sentando no chão, o Okuri-inu será levado a pensar que ela está apenas descansando um pouco e não irá atacá-la, aguardando pacientemente ela se levantar e prosseguir sua viagem. 

Se a pessoa conseguir sair das montanhas com segurança, ela deve virar pra trás e gritar: "Obrigado por me seguir!" Depois, o Okuri-inu nunca mais irá segui-la. Além disso, quando chegar em casa, deve-se lavar os pés e deixar um prato com algo como oferenda para o Okuri-inu, demonstrando sua gratidão por ter lhe seguido e o livrado de outros perigos.

A superstição relacionada ao Okuri-inu é extremamente antiga e é encontrada em todas as partes do Japão. Lobos e cães selvagens existem nas ilhas japonesas há tanto tempo quanto os humanos, e a lenda do Okuri-inu deve ter se originado nas brumas da pré-história.

Em japonês moderno, a palavra okuri ōkami também se aplica a homens que abordam mulheres jovens, fingindo serem gentis e prestativos, mas com segundas intenções. Essa palavra vem diretamente desse yokai.

Nas cidades japonêsas de Izu e Saitama, existem histórias de um yokai semelhante ao Okuri-inu, conhecido como Okuri-itachi. Esse yokai se assemelha a uma doninha, e atua praticamente da mesma maneira que o Okuri-inu, porém, se a pessoa perseguida por ele tirar um dos calçados e atirar nele, ele irá comer o calçado e fugir, deixando a mesma em paz.


fonte:
Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

Nenhum comentário:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby