Image Map

20 de outubro de 2021

Haldi

۞ ADM Sleipnir

Arte de Andranik88

Haldi (também conhecido como Khaldi) era o deus da guerra e a divindade suprema da mitologia dos urartianos, povo pertencente ao antigo reino de Urartu. Urartu ficava localizado na região hoje conhecida como Planalto Armênio (entre a Ásia Menor, a Mesopotâmia e o Cáucaso), existindo durante a idade do Ferro (860 a.C. – 590 a.C.). Ele era geralmente retratado como um homem com ou sem asas, de pé sobre as costas de um leão. Sua consorte era a deusa Arubani e/ou a deusa Bagvarti.

Haldi integrava uma importante tríade de divindades, ao lado de Shivini (um deus solar) e Theispas (divindade associada aos trovões e tempestades), e era o mais importante entre eles. Porém, Haldi só atingiu o status de divindade suprema durante o reinado de Ishpuini (entre 828-810 a.C.). Haldi era tão importante que os urartianos às vezes eram chamados de haldianos/khaldianos ou “filhos de Haldi”. O rei governante era conhecido como o “servo de Haldi” e muitas inscrições terminavam com a frase Haldini ishmasini (“Pela vontade de Haldi”). Sua benção era solicitada pelo rei antes de cada campanha militar, e mesmo em tempos de paz, Haldi permanecia proeminente na mente dos urartianos, com todas as obras públicas (como estradas, canais e palácios) sendo construídas em seu nome.

Arte de Andranik88

Seu principal santuário ficava na antiga cidade uratiana de Ardini (ou Muṣaṣir). Os templos dedicados a Haldi eram adornados com armas como espadas, lanças, arcos e flechas, e escudos pendurados nas paredes e às vezes eram referidos como "a casa das armas". Uma inscrição assíria do reinado de Sargão II (722-705 a.C.), que saqueou a cidade de Ardini em 714 a.C., lista em detalhes a quantidade de armamentos armazenados no templo de Haldi:
"25.212 escudos de bronze , 1514 dardos de bronze… e 305.412 espadas… Uma grande espada, uma arma usada em sua cintura… de ouro ; 96 dardos de prata ... arcos de prata e lanças de prata, incrustados e guarnecidos com ouro; 12 escudos pesados… 33 bigas de prata." 
(citação extraída de The Kingdom of Armenia, de Mack Chahin)

Arte de Andranik88

fontes:

NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante e ajuda a manter o blog ativo!

6 comentários:

  1. muito bom. as divindades antigas da região ou próxima da mesopotâmia, são as mais interessantes e misteriosas pra mim pelo menos de se conhecer. Têm algum poste sobre a divindade Kor aqui no blog?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Hamilton. Desconheço essa divindade, é de qual mitologia/religião?

      Excluir
    2. ela é uma divindade da mitologia/religião sumérica, ela um dragão serpente se não me engano. Gigalmesh luta contra ela em um conto, em que Kur rapta a deusa ereshkigal.

      Excluir
    3. Ah sim, conheço ele como Kur. No blog apenas cito ele no post sobre Ereshkigal, ainda não fiz nada específico.

      Excluir
  2. Olá! Talvez você estranhe o comentário, mas senti a necessidade de comentar aqui. Acontece que a 6 anos atrás eu usei esse blog, e favoritei ele no meu PC. Não entrei nele novamente por 6 anos, nem lembrava que ele existia. Essa noite eu estive lembrando daquela epoca, e então comecei a vasculhar meus favoritos e rever os sites que eu frequentava, 90% dos Links não existiam mais. Mas eu me surpreendi ao ver que o seu ainda existia, e melhor ainda, que ainda está ativo! Isso é surpreendente e incrível, parabéns pela dedicação, pelo ótimo trabalho, e muito obrigado por fazer meu dia melhor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eien, não estranhei não haha! Posso falar por mim próprio, que todos os sites que me inspiraram a moldar o Portal dos Mitos como ele é não existem mais. A blogosfera no geral cada dia mais definha, pois vídeos e informações em fragmentos como twitter/instagram são o que dominam a internet hoje. Mas sigo fazendo de tudo para manter o meu trabalho aqui vivo e útil para aqueles que o buscam.

      Excluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby