24 de dezembro de 2018

Cocollona

۞ ADM Sleipnir

Arte de Tony Castro
Cocollona (junção das palavras catalãs Cocodril, "Crocodilo" e Papallona, "Borboleta") é uma criatura folclórica da cidade de Girona, na Espanha. Trata-se de um monstro do rio que, segundo a lenda, foi no passado uma freira, mas por criticar a vida que as irmãs levavam, ela foi punida e aprisionada na masmorra do mosteiro da cidade, de onde só podia sair para ir até o rio que corta a cidade - o rio Onyar. 

Após muitos anos, devido à sua desnutrição e isolamento, escamas começaram a surgir em seu corpo, até que ela se transformou completamente em uma criatura parecida com um crocodilo. Apesar dessa punição, ela ainda era de alguma forma santa, e essa santidade se manifestou em seu corpo na forma de um par de asas de borboleta.


Algum tempo após sua morte, seu fantasma começou a assombrar o rio Onyar, geralmente próximo das antigas pontes, onde às vezes ela era vista por pescadores. Nos tempos atuais, dizem que sua forma translúcida só pode ser vista sob a luz da lua cheia, e somente por aqueles sensíveis ao sobrenatural.

A origem da lenda é incerta, mas acredita-se que a figura da Cocollona tenha sido criada por guias turísticos em um esforço para adicionar uma nova criatura ao bestiário do folclore de Girona.



Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

4 comentários:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby