Image Map

29 de abril de 2020

Sanguanel

۞ ADM Sleipnir

Arte de Eldes de Paula

O Sanguanel é uma espécie de duende travesso pertencente ao folclore gaúcho, oriundo de histórias trazidas da Europa por imigrantes italianos. Ele é normalmente descrito como uma criatura de pequena estatura e de pele vermelha (ou trajando apenas roupas vermelhas). 

Vivendo no alto das árvores, dizem que o Sanguanel tem o hábito de sequestrar crianças, levando-as para o topo das árvores, seu habitat. Ele não chega a fazer nenhuma maldade a elas, que por sua vez não recordam de muita coisa pois passam a maior parte do tempo em um estado de sonolência. Apenas as alimenta com mel e água usando uma folha.


Na maioria das histórias, as crianças são encontradas algum tempo depois de desaparecidas, no topo de alguma árvore. Em algumas, porém, o Sanguanel só devolve a criança raptada caso receba oferendas de água e mel. Ele raramente se envolve com adultos, e quando o faz, geralmente aplica peças em bêbados, preguiçosos ou pessoas não religiosas.

Arte de Daniel Matui

fontes:
  • http://pioneiro.clicrbs.com.br/rs/geral/noticia/2016/09/lendas-gauchas-monte-o-seu-sanguanel-e-conheca-a-historia-do-personagem-7503400.html
  • https://aventurasnahistoria.uol.com.br/noticias/reportagem/folclore-nacional-os-personagens-menos-conhecidos.phtml
  • https://www.facebook.com/HETthePumpking/posts/1575476815885118/
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

27 de abril de 2020

Sopdu

۞ ADM Sleipnir



Sopdu (também Soped ou Sopedu) era um deus egípcio da guerra associado às fronteiras orientais e ao deserto oriental, conhecido como o "Senhor do Leste". Ele foi, por vezes associado com o planeta Vênus, mas era geralmente um deus solar, intimamente associado com o sol, que nasce no leste, e representava o seu calor abrasador. 

Acreditava-se que Sopdu patrulhava a fronteira e protegia as minas de turquesa no Sinai. Pensava-se também que ele protegia a boca dos falecidos. Seu nome era escrito com o hieróglifo de um espinho e pode ser traduzido como "homem habilidoso". No entanto, também pode significar "afiados". O hieróglifo em si foi chamado de "o dente" pelos egípcios, dando seu nome um possível terceiro significado de "os dentes".

Associações


Sopdu era filho de Sopdet (a personificação da estrela Sirius) e Sahu (a personificação da constelação de Órion), que por sua vez foram associados com Ísis e Osíris, respectivamente. De acordo com os Textos das Pirâmides, a deidade composta conhecida como Sopdu-Horus era o filho do faraó (como Sahu/Osíris) e Ísis (como Sopdet). Como um deus da guerra, Sopdu estava intimamente associado com o faraó (e Hórus, o deus patrono dos reis) durante o Império Médio. 

Sua associação com Hórus também relacionado ao fato de que ambos eram deuses-falcão, e Sopdu recebeu o epíteto de "dentes afiados", uma referência à ave de rapina e ao hieróglifo usado em seu nome. Durante o Império Novo, ele era conhecido como Hor-Sopdu (também Sopdu-Heru ou Har-Septu), e considerado um aspecto de Hórus, e não um deus individual.


Sopdu-Heu, arte de warboar


Representações e Culto

Sopdu era geralmente retratado como um falcão agachado ou como um guerreiro asiático vestindo um cinto shemset, uma coroa com duas plumas altas e carregando um machado. Seu centro de culto primário era localizado em Saft el-Henna, no nordeste do delta do Nilo, mas ele também era adorado nas minas de turquesa de Serabit el-Khadim.




NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

24 de abril de 2020

Dragões Coreanos: Imugi e Yong

۞ ADM Sleipnir

Imugi, arte de arvalis

Na mitologia coreana, os dragões ocupam um lugar semelhante ao da tradição chinesa e japonesa. Eles são tidos como poderosos espíritos da natureza, associados a corpos de água e tempestades. No entanto, os dragões coreanos possuem uma hierarquia única.

Os dragões coreanos começam a vida como Imugi (coreano 이무기, "Grande Lagarto"; lê-se ee-moo-gi), gigantescas serpentes semelhantes a pítons que habitam águas profundas e frias ou em cavernas. São criaturas benevolentes, e encontrar um é um sinal de boa sorte. No entanto, esses "dragões menores" aspiram a se tornar dragões maiores, ou Yong (coreano 용, "dragão").

Após viver mil anos, um Imugi começa a observar o céu, de onde, em certas ocasiões, um objeto divino no formato de uma esfera chamado Yeouiju (여의주) pode cair. O Yeouiju é semelhante a uma estrela cadente, pois acredita-se que concede desejos. Se um Imugi consegue pegar um yeouiju, seu desejo será atendido e ele se tornará um Yong.


Os Yong são muito maiores, tanto em poder quanto em intelecto. Eles podem convocar tempestades e voar entre as nuvens. Eles também começam a entender as emoções humanas, como compaixão, devoção e gratidão. No entanto, com um orgulho similar ao dos humanos, eles não conseguem resistir a mostrar suas realizações e sempre carregam seus Yeouiju na boca ou agarrado em uma das patas.

Arte de MartimSobr
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

22 de abril de 2020

Sugaar

۞ ADM Sleipnir

Arte de YunaXD
Sugaar ("serpente masculina", também chamado Sugar, Sugoi, Suarra ou Majué uma divindade pertencente à pré-cristã mitologia basca. Normalmente descrito como um dragão ou serpente de fogo, Sugaar é o consorte de Mari, a deusa suprema e mãe natureza, a quem periodicamente se une nas montanhas para gerar relâmpagos e tempestades. 

Ao contrário de Mari, não há muitas lendas ou histórias envolvendo Sugaar. No município de Ataun, na Espanha, conta-se que ele vive nas cavernas de Amunda e Atarreta, e assume o papel de boogeyman (bicho papão) nas lendas locais, sendo dito punir crianças que desobedecem seus pais. Lá também dizem que ele pode ser visto atravessando o céu na forma de uma "foice de fogo", prenunciando a chegada de tempestades.

Mari e Sugaar


fontes:

NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

20 de abril de 2020

Pollo Maligno

۞ ADM Sleipnir

Arte de Tyranx

Pollo Maligno (literalmente "galinha do mal"; também conhecido como Pollo MaloPollo Peletas ou Pollo Pélon) é, de acordo com o folclore colombiano, um espírito maligno que assume a forma de uma galinha gigante e costuma atacar viajantes durante a noite. Ele usa o seu canto para atraí-los ou para enlouquece-los, e depois os devora. 

Conta-se que quanto mais perto de suas vítimas, mais baixo é o volume de seu canto, por isso é recomendável que os viajantes retornem caso o ouçam. Dizem também que o canto do Pollo Maligno é um sinal de mal agouro, e que anuncia a morte de alguém. Se o som do canto for grave, trata-se da morte de uma criança.


O Pollo Maligno também é dito perseguir pessoas que bebem, jogam cartas ou se envolvem com outros tipos de vícios.

Apesar de normalmente ser retratado como um espírito totalmente maligno, algumas histórias tratam o Pollo Maligno como um espírito protetor da floresta, que espanta caçadores para longe, ou os atrai com o seu canto para as partes mais profundas da floresta para devorá-los.
Arte de tohdraws

fontes:
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

16 de abril de 2020

Zhu

۞ ADM Sleipnir


Zhu (chinês: ) é um pássaro mítico pertencente à mitologia chinesa, descrito no  descrita no Shan Hai Jing (chinês 山海經, "Clássico das montanhas e mares") como uma espécie de coruja ou pardal com um rosto humano e mãos humanas no lugar dos pés. Além disso. produz um som semelhante ao seu nome.

Diz a lenda que este pássaro era originalmente Danzhu (丹朱), filho do lendário imperador chinês Yao (Tang Yao) com uma concubina chamada San YiYao era um homem de grande caráter moral que valorizava a virtude. Quando o reinado de Yao se aproximava do fim, ele concluiu que nenhum de seus nove filhos possuíam virtude para herdar o trono, então, ele despachou seus ministros em busca de um homem jovem que reunisse as qualidades necessárias para ser um imperador. Depois de um tempo de busca, todos os ministros recomendaram o jovem Shun de 30 anos como o escolhido, pois ele tinha a reputação de excepcional piedade filial, respeitando e cuidando dos mais velhos.

Danzhu

Após saber que Yao abdicou de seu trono em favor de Shun, Danzhu revoltou-se e levantou um exército contra o pai, que em resposta enviou suas forças e pôs fim a insurgência. Envergonhado, Danzhu atirou-se no mar do Sul e metamorfoseou-se em um pássaro. Os descendentes de Danzhu estabeleceram um país próximo ao território do Mar do Sul, onde todos possuem rostos humanos, mas um par de asas.


Com o tempo, Zhu tornou-se um símbolo de mau agouro, e diz a lenda que seu aparecimento e era um presságio de que pessoas seriam exiladas pelo imperador.

Pessoas espantando o pássaro Zhu de sua aldeia

fontes:
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

13 de abril de 2020

Gulyabani

۞ ADM Sleipnir


Gulyabani (azerbaijano: Qulyabani, persa: Ghoul-e-biabani, "Monstro do deserto") é um espírito maligno pertencente ao folclore do Azerbaijão, descrito por uns como um gigante barbudo e devorador de homens, por outros como uma espécie lobisomem. Também é dito que ele possui um péssimo odor e que possui os pés virados para trás.

Podendo ser encontrado em desertos e em cemitérios, a principal ocupação do Gulyabani é assustar viajantes incautos durante a noite, mas ele também tem por hábito roubar cavalos de estábulos e emaranhar suas crinas.


De acordo com uma lenda, um Gulyabani pode ser transformado em um servo, desde que seu futuro mestre humano consiga perfurar sua garganta com uma agulha. Uma vez que consiga, o Gulyabani obedecerá a toda e qualquer ordem que seu mestre lhe designar.

Arte de xGULYABANIx
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!
Ruby