Image Map

24 de novembro de 2020

Kopuvai

۞ ADM Sleipnir

Arte de Angus McBride

Kopuvai (maori Kōpūwailiteralmente "barriga inchada de água" ou " engolidor de  água") é um maero (uma espécie de povo sobrenatural dito ter habitado a Nova Zelândia em tempos antigos) pertencente à mitologia maori, descrito como um gigante com cabeça de cachorro e um corpo humano porém coberto por escamas. Dizem que ele habitava uma caverna próxima ao rio Mata-Au, onde mantinha e criava uma matilha de ferozes cães de duas cabeças. Acompanhado de seus cães, Kopuvai costumava vasculhar a vizinhança em busca de alimento, e a iguaria favorita dele e de seus cães eram os humanos.

Uma história conta sobre uma ocasião onde Kopuvai encontrou um grupo de pessoas na região de Kaitangata e matou todos eles, exceto uma jovem chamada Kaiamio, a qual ele tomou como sua escrava.

Por mais apavorante que fosse, Kopuvai possuía uma fraqueza: os ventos quentes do noroeste o deixavam com sono. Kopuvai era ciente de sua fraqueza, e sabia que assim que ele adormecesse, Kaiamio tentaria escapar. Sempre que se sentia sonolento, Kopuvai amarrava uma corda de linho em seu braço e no braço de Kaiamio, para que caso ele ou ela o movesse, ele saberia que ela ainda estava lá. Apesar disso, Kaiamio foi capaz de enganá-lo e escapar. Ela desamarrou a corda em seu braço e a amarrou a uma planta próxima, de modo que, quando Kopuvai se mexia, ele sentia a corda ir e voltar, como se sua escrava estivesse amarrada a ele.

Quando Kopuvai acordou e viu que Kaiamio havia fugido, ficou furioso. Ao procurá-la, ele sentiu o seu cheiro no vento ao longo do rio Mata-Au. Foi então que Kopuvai fez jus ao significado de seu nome: tentando recapturá-la, ele engoliu tanta água do rio que seu leito ficou seco por algum tempo. O movimento de Kopuvai foi em vão, pois Kaiamio já havia conseguido chegar em sua casa no litoral. 

Com a intenção de se vingar de Kopuvai, ela retornou até a sua morada, porém desta vez acompanhada por um grupo de guerreiros. Eles esperaram por um vento noroeste para colocar Kopuvai para dormir. Quando o vento chegou, os guerreiros bloquearam a frente da caverna do gigante com samambaias e as acenderam. A fumaça acordou Kopuvai e ele tentou escapar por um buraco no telhado da caverna. Assim que ele saiu, os guerreiros o agarraram e o espancaram até a morte. Diz a lenda que após a morte de Kopuvai, seu corpo se tornou uma rocha hoje conhecida como Old Man Rock (Pedra do Velho). A área ao redor da rocha é a Reserva Histórica Kopuwai.


fontes:
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!
Ruby