8 de novembro de 2017

Archura

۞ ADM Sleipnir


Arte de AcrobaticRabbit
Archura (também chamado de Arsuri ou Arzjuré um espírito metamorfo da mitologia turca/tártara, protetor das florestas e dos animais selvagens. Ele orienta os pássaros sobre quando devem migrar e também impede que rebanhos de gado vaguem para dentro da floresta e se percam.

Archuras geralmente aparecem como homens de estatura normal, porém são capazes de mudar de tamanho, podendo ficar do tamanho de uma folha de grama ou de uma árvore muito alta. Seus cabelos e barba são feitos de grama viva, e eles as vezes são retratados com cauda, cascos e um par de chifres. Eles costumam estar vestidos como camponeses, usando um lenço vermelho no pescoço e usando os sapatos com os pés trocados.

Apesar de seu papel de protetor dos animais e da floresta, os Archuras são seres arteiros e amam pregar peças em seres humanos. Eles podem imitar vozes de pessoas familiares aos viajantes e assim fazê-los se perderem ou então atraí-los para o seu covil, onde eles os prendem e os torturam fazendo cócegas. Eles também gostam de sequestrar mulheres jovens.

Normalmente há apenas um Archura habitando em uma floresta, e quando há mais de um, eles lutam pelo território, derrubando árvores e assustando animais.

Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

2 comentários:

  1. Olá, gostaria de saber onde posso achar mais coisas sobre o Archura, não encontro em nenhum lugar. Apenas vi no Wikipédia em inglês. Obrigado e amo seu blog, tenho um grande respeito por vocês dois.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thais! Obrigado pelo comentário! Eu usei a wikipédia em inglês e o seguinte link: (http://pagansquare.tumblr.com/post/102323272886/saeruth-archura-turkish-ar%C3%A7ura-is-a)como fontes para essa postagem. Todo o resto que encontrei sobre ele estava em turco e não pude traduzir. Outro problema que encontrei ao fazer esse post foi que o mito do Archura se confunde com o mito sobre outra criatura, o Şüräle, que ainda não tenho no blog.

      Excluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby