28 de agosto de 2017

Pokémon: Influências Mitológicas - Parte II

۞ ADM Sleipnir


Arte de Spacesmilodon
Essa é a 2ª parte da nossa postagem a respeito das influências mitológicas da franquia PokémonA 1ª parte você pode ler no link abaixo: 




Sableye (Goblins de Hopkinsville)


Sableye é um pokémon fantasma baseado nos Goblins de Hopkinsville, estranhas criaturas que no ano de 1955 teriam sido avistadas por moradores de uma pequena fazenda nos arredores das cidades de Kelly e Hopkinsville, ambas localizadas no condado de Christian, Kentucky (EUA). Eles foram descritos como tendo olhos brilhantes, pernas pequenas, braços com garras e remexendo os quadris (um movimento que Sableye imita nos jogos 3D de Pokémon). 




Misdreavus (Nukekubi/ Banshee/ Lang Sui)

Misdreavus, um pokémon do tipo fantasma, teve sua forma e hábitos baseados em várias criaturas mitológicas. Uma delas é o yokai Nukekubi, com quem compartilha seus hábitos noturnos, voando por aí com sua aparência de uma cabeça decapitada e assustando as pessoas. Outra possível origem é a Banshee, espírito feminino do folclore celta/gaélico que é conhecido por seus lamentos e gritos sobrenaturais.Também é possível que tenha sido baseado em umLang Suir, um tipo de vampiro da mitologia malaia conhecido por aparecer como uma cabeça voadora decapitada de uma mulher.


Gastly (Sogen Bi)


Gastly é um pokémon fantasma com a forma de uma cabeça flutuante cercada por fogo-fátuo. Sua inspiração foi o yokai Songen-bi, que compartilha da mesma aparência. De acordo com a lenda, Sogen- foi no passado um monge ímpio que passou a vida roubando o dinheiro das oferendas aos deuses, e morreu de velhice. Seus pecados não passaram impunes pelos deuses, e ele foi condenado a vagar pela terra voando sob a forma de uma cabeça em chamas.

Magmar (Karura/Garuda)


Magmar possui seu design inspirado no Karura, uma criatura divina da mitologia hindu-budista japonesa, possuidora de um corpo humano com cabeça de pássaro. Seu nome é uma transliteração do nome Garuda, e como tal, costuma ser representado também com um par de asas.



Electabuzz (Oni)

Electabuzz é um pokémon elétrico da primeira geração, cuja a inspiração veio dos Oni, uma classe de ogros/demônios da mitologia japonesa. Onis são geralmente representados com a pele vermelha e vestindo uma pele de tigre como tanga, que aliás lembra muito a pele do Electabuzz.




Darkrai (Bogeyman / Bicho Papão)

Darkrai é um sinistro pokémon do tipo noturno, e um dos lendários da região de Sinnoh. Ele invade os sonhos das pessoas e lhes causa pesadelos. Ele foi inspirado nas lendas sobre bogeymans, ou como conhecemos aqui no Brasil, Bicho-Papão. 



Rapidash (Unicórnio)


Rapidash é um pokémon da primeira geração, e a forma evoluída do pokémon Ponyta, um cavalo de fogo. Ao evoluir, Ponyta fica maior e ganha um chifre em meio a testa, tornando-o semelhante a um unicórnio.






Pumpkaboo/ Gourgeist (Jack O’ Lantern)


Pumpkaboo e Gourgeist são pokémons do tipo grama/fantasma, baseados no Jack O' Lantern (Jack da Lanterna), personagem do folclore irlandês e um dos principais símbolos do Halloween. Segundo a lenda, Jack foi um homem muito mal e perverso que tentou enganar o diabo e foi condenado a vagar eternamente pela terra. Conheça mais sobre a lenda de Jack em nossa postagem sobre o Halloween.




Phantump/Trevenant (Kodama)

Phantump e Trevenant são outra dupla de pokémons do tipo grama/fantasma, só que estes são baseados nos Kodama, espíritos/yokais ditos habitarem nas árvores, geralmente nas de maior idade ou tamanho. A maioria é pacífica e serena, partilhando a sua sabedoria com aqueles com os quais são capazes de se comunicar, porém reagem agressivamente contra aqueles que desrespeitam o meio ambiente. Acredita-se que quem derrubar uma árvore possuida por um kodama é amaldiçoado.





Goodra (Lou Carcolh)

Goodra é um pokémon do tipo dragão e baseado em uma criatura do folclore francês chamada Lou Carcolh, que é uma mistura de um réptil com um molusco, e que se acredita viver em cavernas subterrâneas no sudoeste da França. A principal diferença entre os dois é que o Lou Carcolh possui uma enorme concha em suas costas.


Meowstic (Nekomata)

Meowstic é um pokémon psíquico da sexta geração, evolução do Espurr. Sua inspiração veio do yokai felino Nekomata, que por sua vez é uma evolução de outro yokai, o Bakeneko. Bakenekos são gatos que ao atingirem uma idade muito avançada, adquirem poderes mágicos. Caso sua cauda cresça muito, ela pode se dividir em duas, e então o Bakeneko se transforma em um Nekomata, tendo seus poderes mágicos ampliados. Entre as habilidades de um Nekomata, está a capacidade de controlar cadáveres de outros seres, incluindo humanos, como se fossem marionetes.





Dunsparce (Tsuchinoco)

Dunsparce é um pokémon que apesar de parecer do tipo inseto, é apenas do tipo normal. Seu design foi baseado no Tsuchinoko, uma criatura lendária japonesa que se parece com uma cobra pequena, de 30 a 80 centímetros de comprimento, com uma circunferência que é muito mais ampla do que a cauda e a cabeça. Conta-se que possui dentes afiados e capazes de injetar veneno, além de ser capaz de saltar até um metro de distância. Nenhum registro científico deste réptil foi feito até hoje.









Abomasnow (Yeti)

Abomasnow é um pokémon de grama/gelo, coberto de pelos brancos e desgrenhados. Seu design é baseado no Yeti, conhecido como "Abominável Homem das Neves". O Yeti é uma criatura dita habitar a região do Himalaia e o governo do Nepal a reconhece como real.

Whiscash (Namazu)

Whiscash, pokémon do tipo água/terra, foi baseado em Namazu, um yokai causador de terremotos. Namazu é um bagre gigante que  gosta de causar problemas e estragos. Ao mover a sua cauda, Namazu é capaz de abalar a terra inteira .Namazu pode ser detido apenas pelo deus Kashima, que com a ajuda de uma enorme pedra gravada com o ideograma “kaname ishi” (pedra fundamental), empurra o peixe contra o subsolo, imobilizando-o. No entanto, quando Kashima abaixa a sua guarda, por cansaço ou distração, acaba permitindo que Namazu possa se mover um pouco e causar novos terremotos.





Dialga/Palkia (Izanagi/Izanami)

Dialga, o lendário pokémon dragão controlador do tempo e Palkia, o lendário pokémon dragão controlador do espaço, foram inspirados na lenda de Izanagi e Izanami, os deuses xintoístas que criaram a primeira terra. 

Após a criação do mundo, o “Céu e a Terra” eram apenas uma massa uniforme e macia que ainda estavam em evolução e precisavam ser terminados. Os deuses primordiais se reuniram para discutir sobre o destino da Terra e decidiram delegar a celestial missão da criação das ilhas ao casal mais jovem dos deuses, Izanagi e Izanami. Para ajudá-los em sua tarefa divina, foi entregue ao casal a Ame-no-nuboko (天沼矛)“A Sagrada Lança” que era coberta de pedras preciosas.

Izanagi e Izanami se colocaram a postos na ponte flutuante do céu e, com a lança em punho, agitaram o oceano primevo. Quando eles levantaram a lança, as gotas que caíam de volta para a água coagularam e formaram a primeira terra firme, uma ilha chamada Onogoro-shima (淤能碁呂島) “Espontaneamente Coagulada”.

Nos jogos da 4ª geração de pokémon, Dialga (ou Palkia, conforme sua versão) pode ser encontrada no topo do Spear Pillar (Pilar da Lança) em Sinnoh, lugar onde Palkia, Dialga e Giratina foram criados e de acordo com a lenda do jogo, toda a região de Sinnoh surgiu.



Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

5 comentários:

  1. Muito bom! parei de assistir pokemon na segunda geração mas mesmo sem conhecer os outros achei parecidos. Só acho que o Lou Carcolh parece muito mais com o Lapras do que com esse Goodra. Parabéns pelas postagens, tiro muita inspiração para escrever minhas fics daqui.

    ResponderExcluir
  2. o kodama que e ruim com quem faz mal a natureza lembra o curupira do brasil o que voces acham

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existem espíritos semelhantes ao Saci e ao Kodama em praticamente todas as mitologias e folclores mundiais.

      Excluir
  3. Existem mais pokemons inspirados em floucores ou yokais para que possa haver um terceira parte???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Eu acredito que não. Fiz uma pesquisa bem extensa e isso foi tudo o que pude encontrar. Se alguns ficaram de fora foram poucos.

      Excluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby