25 de setembro de 2014

Qalupalik

۞ ADM Sleipnir



Qalupalik (Qaluppiluik ou Qallupaluit) é uma criatura marinha pertencente à mitologia inuíte. Ela habita as águas localizadas abaixo das geleiras do Alaska. Parece haver controvérsias sobre se existem múltiplas Qalupalik ou apenas uma. 

A Qalupalik é caracterizada como um ser humanóide, de cabelos longos, pele esverdeada e unhas compridas. Segundo o mito, ela usa um amautiit (uma espécie de bolsa que os esquimós usam para carregar seus filhos) para sequestrar e levar para o fundo do mar os bebês e crianças que desobedecem seus pais. 

Ela cantarola para atrair as crianças até a beira do mar e agarrá-las, colocando-as em seu amautik. Alguns dizem que ela sequestra as crianças a fim de comê-las, já outros dizem que ela passa a criá-las como se fossem seus filhos. 

Esta lenda era contada para as crianças com o intuito de evitar que elas vagassem sozinhas, e até hoje ainda é contada nas escolas e livros. O mito foi adaptado em 2010 pelo diretor Ame Papatsie como um  curta de animação em stop motion chamado "Qalupalik".



Agradecemos sua visita e se gostou da leitura, deixe seu comentário! Compartilhe também nossos posts nas redes sociais!

4 comentários:

  1. Muito legal o mito. Acho incrivel que vcs tragam essas histórias de Mitologias menos conhecidas. A Inuite é muito interessante.

    ResponderExcluir
  2. Caraca, manos, como vocês acham essas lendas que ninguém conhece?! Devem se esforçar muita nas pesquisas! Continuem o bom trabalho, esse o primeiro site em que vou pra procurar lendas e vocês sempre me agradam! Esse aí seria tipo o bicho-papão lá no Alaska :v

    ResponderExcluir
  3. Parece que na primeira foto é aquele bebe que ele sequestra na outra! '-'

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby