Image Map

8 de julho de 2020

Zona do Silêncio

۞ ADM Sleipnir


A Zona do Silêncio (Zona Del Silencio em espanhol) é uma misteriosa região localizada no México entre os estados de Durango, Chihuahua e Coahuila. Ela recebe esse nome devido a uma estranha anomalia que interrompe a transmissão de ondas de rádio dentro da mesma. Além disso, a região possui inúmeros relatos de supostas atividades de OVNIs. 

O primeiro incidente na região ocorreu nos anos 30, quando um piloto chamado Francisco Sarabia estava sobrevoando a área e alegou que seus instrumentos estavam loucos e que seu rádio parou de funcionar. Mais tarde, na década de 70, a região chamou a atenção após um míssil americano defeituoso ter sido disparado do Campo de Teste de Mísseis de White Sands no Novo México e colidir- ou talvez ter sido puxado - para o local. 

Francisco Sarabia

O governo mexicano permitiu que oficiais da Força Aérea dos EUA investigassem o acidente no local, e foi quando a causa se tornou aparente. Foi descoberto que nenhum tipo de sinal era capaz de penetrar na área - incluindo sinais de rádio e satélite - devido a campos magnéticos locais que criam uma zona escura, atribuindo assim o nome popular do sítio. Pesquisas tem sido realizadas no local desde então, e o governo mexicano construiu um complexo de pesquisa que estuda o habitat e a vida selvagem incomuns do mesmo. 

Cacto roxo, espécie de cacto endêmica da região

Teóricos especulam que o governo estuda e sabe mais do que admite, e de fato existem muitas anomalias para pesquisar na Zona. 
Uma das muitas propriedades incomuns observáveis ​​nessa área são seus altos níveis de depósitos de magnetita e urânio, aos quais os cientistas atribuem pulsos eletromagnéticos que são considerados a fonte dos sinais interrompidos. A área também é um berço de meteoritos, os quais, segundo cientistas, exalam propriedades magnéticas que podem explicar por que tantos objetos ricos em ferro vindos do espaço acabam parando lá.

Outra, mais inexplicável, atividade dessa natureza é relatada na região, como o  avistamento de luzes estranhas no céu, avistamentos de OVNIs e encontros com alienígenas. Alguns até acreditam que a região foi usada no passado - e no presente - como uma espécie de "portal" para alienígenas. Fazendeiros locais contaram histórias de estranhas luzes e visitantes bizarros que aparecem do nada e afirmam vir "de cima".  Esses supostos visitantes foram descritos como sendo três seres humanóides e loiros, e teriam sido vistos por várias testemunhasAlém disso, testemunhas de alguns dos objetos voadores inexplicáveis ​​- alguns deles descritos como "parecidos com discos" - teriam encontrado evidências físicas do pouso dos mesmos na região na forma de vegetação queimada nos locais de aterrissagem.

Nenhuma evidência concreta foi encontrada para apoiar as alegações de atividade extraterrestre na Zona do Silêncio, embora haja, sem dúvida, várias ocorrências que não podem ser explicadas. Curiosamente, a região está localizada entre as latitudes 26 e 28 norte, a mesma latitude onde se encontram o Triângulo das Bermudas e as pirâmides do Egito.  Algumas pessoas mais fervorosas dizem que não é só coincidência; todavia, que haveria algo mais nessas regiões misteriosas.


fonte:
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

Nenhum comentário:



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby