Image Map

13 de julho de 2020

Shesmu

۞ ADM Sleipnir

Arte de Mauricio Hererra

Shezmu (também Shezmu, Schezemu, Schesmu, Shesemu, Shezmou, Shesmou, Sezmu Sesmué um antigo deus egípcio, mais conhecido como o deus da imprensa do vinho, porém possuidor de uma personalidade complexa. Com base nos Textos das Pirâmides de Unas, descobrimos sua natureza generosa - ele oferece suco de uva a Unas com o qual pode fazer vinho no próximo mundo, e ele ferozmente ataca os inimigos de Unas:

"...Ele lança maldade sobre quem é mau e verdade sobre quem segue a verdade... ” 

Shesmu chefia a prensagem de uvas e azeites de todos os tipos, incluindo azeitona, pinho, mamona, amêndoa e óleo a partir das sementes da moringa, que cresce no deserto e é bastante rara. O óleo da árvore da moringa era usado para produzir perfumes, e Shesmu também se tornou um deus dos perfumes e dos óleos sagrados usados nos rituais do templo e no embalsamamento.

A mitologia egípcia alterna a ideia de vinho tinto e sangue. Era a cor, e não a substância real, que era importante para os egípcios. Quando Shesmu é retratado como um amigo dos mortos, ele lhes oferece vinho para facilitar sua jornada ao Mundo Inferior. Ao mesmo tempo, ele está ligado a Apep, um terrível demônio do submundo, e é mostrado jogando as cabeças dos inimigos em sua prensa de vinho para extrair o sangue como se fosse suco de uva. Para os egípcios, vinho tinto era sinônimo de sangue.

No Hino Canibal, Shesmu ajuda Unas (último faraó da 5ª dinastia egípcia) a ganhar poder no próximo mundo:

"...Eis que Shesmu os cortou para Unas, ele cozinhou pedaços deles em seu caldeirão ardente. Unas comeu suas palavras de poder, ele comeu seus espíritos."

O Livro dos Mortos cita que um dos títulos de Shesmu é "Senhor do Sangue", e no capítulo 175, Osíris ordena que Shesmu desmembre os maus e coloque suas cabeças em um lagar para serem pressionados como uvas e produzir vinho.

Arte de Elena Gomonova


Iconografia

Na maioria das vezes, Shesmu aparece representado como um homem com cabeça de leão ou com cabeça de falcão com um uraeus na cabeça. Seu principal centro de culto era em Faium, mas ele também era adorado em Edfu e Dendera, onde é mostrado nas paredes do templo viajando em um barco solar portando um uraeus e duas estrelas em sua cabeça. Shesmu está ligado a Ra (como o sol poente da cor vermelha), Apep (o deus maligno do submundo e inimigo de Ra), Herishef (que compartilha seu título, "Senhor do Sangue"), Hórus (quando ele assume a cabeça de um falcão), Thoth (como um deus da sabedoria) e Nefertum (como um deus do perfume).


fonte:
  • Egyptian Mythology A to Z, 3ª Edição, por Pat Remler.
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante e ajuda a manter o blog ativo!

Nenhum comentário:



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby