2 de março de 2016

Akashita


Akashita (赤舌; literalmente "língua vermelha") é um yokai do folclore japonês. Ele é descrito como sendo uma besta com garras, uma cara peluda e uma língua enorme, com quase todo o seu corpo escondido em meio a nuvens negras. Ele é um dos yokais descritos na obra Gazu Hyakki Yakō ("Parada Ilustrada de Cem Demônios"), de Toriyama Sekien.

Akashitas são vistos como portadores de má sorte, porém, são principalmente conhecidos como seres punidores em disputas de fazendeiros por água. Como é necessário muita água para manter os arrozais inundados, os terrenos agrícolas japoneses estão entrelaçados a uma série complexa de aquedutos e canais interligados, destinados a fornecer água a todos os agricultores de forma igualitária. Em tempos de seca, no entanto, fazendeiros maus podem abrir as comportas e drenar a água do seu vizinho para o seu próprio campo. Este crime grave pode custar a uma família a sua subsistência, e quando descobertos, os fazendeiros geralmente enfrentam a ira violenta de seus vizinhos.

Ladrões de água que acabaram não sendo pegos podem achar que saíram impunes de seu crime, mas é para estes que o Akashita irá aparecer. Ele irá drenar toda a água do arrozal , acabando assim com toda a cultura de arroz, e no fim irá engolir o fazendeiro criminoso arrebatando-o com a sua longa língua vermelha.





Agradecemos sua visita e se gostou da leitura, deixe seu comentário! Compartilhe também nossos posts nas redes sociais!

Nenhum comentário:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby