21 de março de 2018

Cian

۞ ADM Sleipnir


Cian (irlandês: "distante", também conhecido como Scal Balbera um deus guerreiro celta membro dos Tuatha Dé Danann, e mais conhecido por ser pai do grande deus Lugh. Ele possuía uma fabulosa vaca mágica chamada Glas Ghoibhneann, que era capaz de produzir quantidades inimagináveis de leite, sem nunca ficar seca. Eram tantas as pessoas que tentavam roubar sua vaca, que Cian era forçado a guardá-la noite e dia. O próprio rei fomoriano Balor desejava ter a posse da vaca, e se disfarçou muitas vezes para tentar roubá-la. Para prevenir o roubo de Glas Ghoibhneann, Cian colocou um cabresto nela, e a levava para todos os lugares onde ia. 


Um dia, Cian visitou seu irmão Goibniu em sua forja para falar com ele sobre a confecção de algumas armas novas. Antes de entrar na forja para conversar com o irmão, ele deixou sua vaca do lado de fora sob o cuidado de Samthain, outro de seus irmãos, que também aguardava para falar com Goibhniu. Balor aproveitou essa oportunidade, transformando-se em um menino ruivo. Ele se aproximou de Samthain e disse-lhe que Cian e Goibhniu planejavam usar todo o aço da forja para fazer armas para si, e não sobraria nada quando chegasse a sua vez. Furioso, Samthain deixou o menino ruivo cuidando da vaca e entrou na forja para protestar contra seus irmãos. Cian logo entendeu que era um truque e correu para fora da forja, mas já era tarde demais: Balor já havia fugido com a vaca.

Decidido a recuperar Glas GhoibhneannCian foi até um druida buscar auxílio, mas o mesmo se recusou a ajudá-lo,  advertindo-o de que ninguém seria capaz de se aproximar de Balor sem arriscar a vida, devido ao poder de seu olho malígno. Ainda determinado, Cian encontrou uma druidisa chamada Birog, conhecida como a mais poderosa e sábia dentre os druidas. Birog disse a Cian que o outro druida estava certo sobre Balor, porém ela tinha um plano que iria levar Balor à morte e para que desse certo, Cian teria que fazer exatamente o que ela dissesse. Cian concordou em fazer tudo o que fosse necessário; assim, Birog o disfarçou como uma mulher e conjurou um forte vento para levá-los até a ilha de Balor. 

Cian e Birog atravessaram o mar, indo parar atrás da torre de vidro onde Eithne, filha de Balor, vivia trancafiada e era atendida por 12 mulheres. Birog gritou para as servas de Eithne que diante delas estava uma rainha dos Tuatha de Dannan, que estava sendo perseguida por seus inimigos e buscava abrigo. Eithne instruiu suas servas a abrirem a porta, e assim que Birog entrou, colocou um feitiço de sono nelas e removeu o disfarce de Cian.


Cian subiu as escadas e encontrou Eithne no topo da torre, olhando para o mar. Ele se apaixonou por sua beleza e sua tristeza naquele momento, e quando Eithne olhou para ele, viu o rosto que ela sonhara com toda a vida. Eles se apaixonaram e fizeram amor na torre. Cian implorou a Birog que levasse Eithne de volta para a Irlanda com eles, mas Birog estava com muito medo de Balor. Antes que Cian pudesse mudar de idéia, ela chamou o vento mágico para os levar de volta ao continente, deixando Eithne para trás.

Eithne ficou muito triste por ter sido deixada para trás, mas sua tristeza foi aliviada quando ela descobriu que estava grávida (alguns contos dizem que era de uma criança apenas, outros dizem que era de três). Ela deu à luz um filho; aquele que segundo a profecia acabaria com a vida de Balor. 

Quando Balor tomou conhecimento sobre a invasão de Cian à torre e sobre a gravidez de Eithne, ordenou que a criança fosse jogada no mar. Logo após o bebê nascer, Eithne o enrolou em um manto e apertou-o com um alfinete, e Balor o lançou nas águas. Felizmente, Birog observava de longe a situação, e conseguiu resgatar o bebê, conjurando outro vento mágico que o levou direto para os braços de Cian.

Cian nomeiou seu filho Lugh, e cuidou para que ele crescesse sob a tutela das melhores pessoas. Lugh tornou-se um grande homem, e um grande guerreiro, e com o tempo, ele cumpriu a profecia, matando Balor e derrotando os formorianos em definitivo na Segunda Batalha de Moytura.


Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

Nenhum comentário:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby