1 de dezembro de 2014

Xana

۞ ADM Dama Gótica


As Xanas são uma classe de fadas pertencentes a mitologia asturiana (uma comunidade autônoma no noroeste da Espanha). A origem do nome xana não é clara, embora alguns estudiosos acreditem que seja uma derivação do nome latino para a deusa Diana. As Xanas habitam as margens de fontes e de cursos d'água. São seres exclusivamente femininos, e costumam ser vistas tanto como espíritos benéficos quanto maléficos, variando conforme as lendas. Sua aparência também muda de acordo com a sua índole.

Nas histórias onde são vistas como criaturas benignas, as Xanas são descritas como belas jovens de extrema beleza,  possuindo longos cabelos loiros ou castanho claros (na maioria das vezes encaracolados). Elas oferecem água aos viajantes sedentos e também recompensas de ouro ou prata para aqueles que se mostram dignos, o que dificilmente acontece. Em contrapartida, nas histórias onde as xanas são vistas como seres malignos,  elas são descritas com sendo pequenas, magras e de cor escura. Essas xanas costumam entrar nas casas através do um buraco de fechadura. Uma vez dentro da casa, elas podem encantar os moradores, transformando-os em animais, ou apenas mordê-los.


Assim como as sereias, as Xanas possuem vozes hipnóticas, que podem ser ouvidas durante as noites de primavera e verão. Aqueles que têm uma alma pura serão preenchidos com uma sensação de paz e amor ao ouvir sua canção. Já aqueles cujas almas são impuras vão se sentir sufocados e podem ser levados à loucura. 

Xaninos

Os Xaninos são os filhos de uma Xana. Por serem incapazes de produzir leite para alimentá-los, as Xanas costumam raptar bebês humanos de seus berços e colocar o seu próprio filho no lugar da criança roubada. A mãe humana pode perceber essa troca ao notar que o bebê cresceu bastante em apenas alguns meses de vida. A fim de desmascarar o xanino, deve-se colocar em uma panela cascas de ovos e então levá-las ao fogo. Se o bebê for um xanino, ele irá exclamar: "Eu nasci há cem anos atrás, e desde então nunca vi cascas de ovos serem levadas ao fogo! "

Xanas na Literatura
  • O escritor cubano Daina Chaviano utiliza o tema xana em seu aclamado romance "A Ilha do Amor Eterno". Quando um dos personagens encontra uma xana, enquanto ela está penteando seu cabelo, o diálogo entre eles marca uma reviravolta fundamental na trama.
  • Em "Darkness Rising" de Kelley Armstrong, existem três pessoas que acredita-se serem Xanas. Os membros desta raça sobrenatural ressurgiram devido à modificação genética. 
Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

2 comentários:

  1. Eu escrevo contos de terror onde criaturas místicas aparecem no mundo real. Com certeza eu irei adicionar a Xana e os Xaninos em um dos meus contos. Tenho até os personagens em mente. A partir de agora eu irei ler e recomendar o Portal dos Mitos para meus amigos. Boa Sorte a vocês.

    ResponderExcluir
  2. O bom desse blog é isso, sabemos sobre muitos mitos, esse pra mim foi um dos melhores, olha meus parabéns vcs além de nos dar informações me ajudaram no mu trabalho de História

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby