20 de janeiro de 2017

O Conto de Jiraiya, O Galante

۞ ADM Sleipnir


Muitos conhecem os personagens Jiraiya, Tsunade e Orochimaru do mangá e anime Naruto, porém, o que poucos sabem é que estes personagens pertencem originalmente a um conto chamado Jiraiya Goketsu Monogatari (児雷也豪杰物语, "O Conto do Galante Jiraiya" ou "Os Contos Heróicos de Jiraiya").

Jiraiya Goketsu Monogatari foi publicado pela primeira vez no ano de 1839. Em 29 anos (até 1868), tornou-se uma série popular composta por 43 romances ilustrados e concluída por 4 autores diferentes.

No entanto, a inspiração para Jiraiya tem suas origens numa antiga lenda chinesa da dinastia Song. Nesta lenda, um personagem cujo nome real é desconhecido, era um bandido heróico, cujos atos eram semelhantes aos de Robin Hood. Ele era chamado de Zi Lai Ye  (mandarim: 自来 也) e a única razão pelo qual ele era chamado assim era porque ele deixava esses kanjis grafados nos lugares que ele roubava. Esses caracteres podem ser traduzidos como: "Eu estive aqui".

Quando a lenda do bandido chegou ao romance japonês, os elementos de magia de mudava a forma e misticismo ninja foram adicionados. O nome do japonês Jiraiya em kanji mais tarde se tornou 児 雷 也 (jovem trovão).

Após a série ter sido concluída, parte da história foi adaptada para o teatro kabuki em 1852.


O Conto de Jiraiya, O Galante

Neste resumo da versão kabuki do conto, o espírito demoníaco de uma serpente gigante foi a causa da miséria para o clã Tsukikage, Ogata e Matsuura - aos quais Orochimaru (大蛇 丸), Jiraiya (自来 也 ou 児 雷 也) e Tsunade (綱 手) pertenciam, respectivamente.

Há muito tempo, existiu um espírito maligno sob a forma de uma serpente gigante que atormentava os seres humanos, e que tinha ambições de obter poder sobre todo o Japão.

Para que isso acontecesse, o espírito da serpente decidiu assumir o controle do influente clã Tsukikage, cujo domínio feudal era a província de Echigo. Seu líder - Tsukikage Gunryo Miyukinosuke - era também o regente do Shogunato (governo feudal de Japão) e crucial para o plano da serpente maligna.

O Espirito da Serpente toma o controle do Clã Tsukikage

No fatídico dia, o espírito da serpente atacou Tsukikage Miyukinosuke. Se não fosse Orochimaru, que apareceu do nada e interveio ao seu favor, o senhor e regente de Echigo teria sido morto. Por esse motivo, o Senhor Miyukinosuke adotou Orochimaru como um filho. Este seria um erro que selaria o destino dos clãs Tsukikage, Ogata e Matsuura.

Sem o conhecimento do Senhor Miyukinosuke, o demoníaco espírito da serpente gigante havia possuído Orochimaru, fazendo dele uma mera marionete desde o início. O espírito da serpente e Orochimaru haviam encenado o ataque e resgate, e de acordo com o plano, o senhor de Echigo efetivamente adotou a serpente do mal em seu clã.

Com o passar do tempo, a serpente maligna manipulou o senhor para que este assassinasse todos os seus descendentes, deixando Orochimaru como seu único sucessor.


Os clãs Ogata e de Matsuura guardavam dois selos poderosos (isto é, selos das insígnias) confiados a eles pelo governo feudal. Os documentos marcados por estes selos eram prova do apoio do Shogun ao levante de um exército e de uma frota da marinha.

O espírito da serpente desejava o poder oferecido por esses selos, e precisava que os dois poderosos clãs ficassem fora do seu caminho.

Em conseqüência, o senhor Miyukinosuke primeiramente fez o shogunato acreditar que seus aliados planejavam um golpe. Depois, enganou os dois clãs fazendo com que desistissem de seus selos antes de obliterá-los. Suas forças então jogaram duas crianças, Jiraiya e Tsunade, de um penhasco, eliminando assim os dois respectivos sucessores dos clãs Ogata e Matsura

Para a sorte das duas crianças, um eremita chamado Senso Dojin as salvou e as criou.

O treinamento para derrotar Orochimaru

Determinado a vingar seus clãs e restaurar a honra manchada, Senso Dojin começou a treinar Jiraiya e Tsunade, respectivamente, na arte da magia de mudança de forma do sapo e da lesma.

No entanto, o impasse de três vias era um problema. A magia da serpente superava a magia do sapo; a magia do sapo superava a magia das lesmas e a magia das lesmas poderia derrotar magia de cobra. A chave para derrotar Orochimaru, então, era encontrar e usar uma espada chamada Nakirimaru, que possuía o poder de exorcizar espíritos malignos.

Tsunade e Jiraiya
A Primeira Batalha contra Orochimaru

Em sua primeira batalha, Orochimaru lutou contra Jiraiya e o feriu gravemente. Felizmente, Tsunade chegou a tempo e salvou Jiraiya com seu prodigioso uso de magia das lesmas. Apesar de ter escapado da morte, as feridas que Jiraiya recebeu foram suficientemente graves para incapacitá-lo, e o único antídoto era o sangue de uma donzela que tenha nascido no ano, dia e hora da serpente.

O Sacrifício de uma irmã

Jiraiya e Tsunade continuaram sua busca pela espada. Quando entraram na província de Echigo, encontraram Ayame, a filha adotiva do clã Tsukikage. Jiraiya então acabou fazendo uma surpreendente descoberta: Ayame era sua irmã (que havia sido poupada durante o massacre do clã).

Percebendo que ela era a donzela nascida no ano da cobra, ela se esfaqueou como um sacrifício para salvar seu irmão. Seu sangue era o antídoto, e com seu sacrifício, ela garantiu que Jiraiya e Tsunade pudessem se vingar e restabelecer os dois clãs. Jiraiya foi completamente curado.

A Derrota de Orochimaru

Anos se passaram, até que finalmente Jiraiya e Tsunade encontraram a espada Nakimaru, em Jigokudani, "Vale do Inferno". Unidos, Jiraiya e Tsunade enfrentaram Orochimaru novamente. Eles o encurralaram, e usando a espada Nakimaru, exorcizaram o espírito demoníaco da serpente. O mal-entendido envolvendo os clãs Ogata e Matsura foi solucionado e o Shogunato restabeleceu seus clãs.

Desde que a serpente demoníaca foi exorcizada, Orochimaru deixou de ser possuído. Ele acabou sendo perdoado por seus crimes graças a um pedido de Jiraiya ao Shogun.

Arte de Marcos Villaroel para o card game Mitos y Leyendas
fonte:
Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

2 comentários:

  1. Incrível, ótima postagem, adoro a mitologia japonesa, não sei como conseguem encontrar artigos remotos, eu nunca tinha ouvido falar desse conto de Jiraiya.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é nem um pouco fácil. Tenho que pesquisar muito!

      Excluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby