Image Map

5 de junho de 2020

Urcuchillay

۞ ADM Sleipnir

Urcuchillay é um deus da mitologia inca, protetor dos rebanhos, em especial os de lhamas. Era adorado pelos pastores andinos, que acreditavam que ele protegia seus rebanhos de caçadores e predadores enquanto estes descansavam. Urcuchillay mantinha o bem-estar dos animais e multiplicava seus filhotes. Acreditava-se que Urcuchillay tinha a forma de uma lhama multicolorida. Ele é geralmente representado como uma lhama com traços humanóides ou como um homem com a cabeça de uma lhama. 

Referências à sua existência em nível mitológico aparecem em textos históricos da civilização Moche (que dominou a costa norte do Peru mil anos antes da cultura inca) e em especial na cultura Inca, onde Urcuchillay integra o grupo dos principais deuses que habitam o Hanan Pacha ("o mundo de cima"). Urchuchillay também é nomeado em incontáveis ​​relatos orais de colonos camponeses e historiadores.


Na cosmologia inca, Urcuchillay está associado à Constelação de Lira, a qual seus adoradores criam que ela se transformava em uma lhama e descia as terras altas dos Andes para cuidar e proteger seus animais. Todos os anos, durante o mês de abril, são observados muitos devotos se aproximando das montanhas, a fim de testemunhar as Líridas, chuva de meteoros que ocorre anualmente no local. Essas pessoas são convictas de que as luzes descendo do céu representam a união de Urcuchillay e o homem.


fontes:
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

3 comentários:

  1. Bastante interessante, gostaria só de saber quanto ao parentesco dele, isso se existir um ou então o registro de um.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desconhece-se o parentesco dele com outras divindades, ele pertencia originalmente à civilização Moche, e foi incorporado aos incas, logo, deve ter sido associado a Viracocha/Inti.

      Excluir
  2. Adorooooo histórias sobre mitos. Estou começando a ler sobre as da América do Sul. Parabéns pelo post

    ResponderExcluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby