Image Map

28 de agosto de 2020

Shussebora

۞ ADM Sleipnir

Shussebora (em japonês: 出世螺 ou しゅっせぼら, "tritão gigante promovido") é um dracônico yokai do folclore japonês, ilustrado no segundo volume do Ehon Hyaku Monogatari (japonês: 絵 本 百 物語 , "Livro Ilustrado de Cem Histórias"), publicado em 1841 por Takehara Shunsen.

Assim como outros yokais, origina-se de um animal que após atingir milhares de anos de vida, torna-se um yokai. No caso do Shussebora, o animal em questão é o charonia tritonis, gastrópode comumente conhecido pelos nomes de Tritão-do-pacífico ou búzio-trombeta

Ilustração de um Shussebora no Ehon Hyakku Monogatari

Acredita-se que, há muito tempo, os tritões-do-pacífico viviam nas profundezas das montanhas japonesas. Eles passaram suas vidas enterrados sob a terra ficando cada vez maiores, até que passados três mil anos, migraram das montanhas para os vales durante eventuais deslizamentos de terra. Eles passaram mais três mil anos vivendo próximos de aldeias humanas, até que finalmente migraram para o mar. Após viverem por três mil anos debaixo d'água, eles se transformam em uma espécie de dragão envolvido por uma concha.

Por passarem anos enterrados sob a terra ou no fundo do mar, Shusseboras raramente interagem com os humanos ou são vistos por um. Existem rumores de que a carne de um Shussebora faz com que aqueles que a provem tenham uma vida muito longa.


fonte:
CLIQUE NO BANNER ABAIXO PARA MAIS POSTAGENS DA SÉRIE

NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

Um comentário:



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby