2 de novembro de 2013

Barão Samedi

۞ ADM Dama Gótica e ADM Sleipnir


No vodu, o Barão Samedi (também conhecido como Barão Sábado, Barão Samdi, Bawon Samedi ou ainnda Bawon Sanmdi) é um dos loa (os deuses da religião vodu haitiana). Ele é um loa dos mortos, juntamente com inúmeras outras encarnações do Barão (Baron Cimetière, Baron La Croix, e Baron Kriminel). "Samedi" significa sábado em francês, embora existam derivações alternativas da palavra. 

O Barão Samedi é usualmente descrito usando um chapéu branco, terno preto, óculos escuros, e algodão tampando as narinas, semelhante a um cadáver vestido e preparado para o funeral ao estilo haitiano. Tem a cara de uma caveira branca e fala com uma voz nasal. 

Embora tecnicamente seja uma divindade e não um "vilão", ele é muitas vezes visto sobre luzes negativas ou amorais nas mídias, devido a um grande medo ou mal-entendimento do vodu por aqueles que não entendem ou não conhecem a religião. Ele é o cabeça do Guédé (família de loas), um aspecto deles, ou possivelmente o seu pai espiritual. Ele é casado com outro espírito poderoso conhecido como a loa Maman Brigitte, que muitas vezes persegue mulheres mortais. 

Maman Brigitte

Mesmo para aqueles que seguem o vodu, o Barão é visto como um espírito perigoso, no entanto, ele também pode ser um guardião poderoso se o humor lhe convém. Devido às suas mudanças bruscas de humor, ele é rotulado como um demônio ou como um deus.

Barão Samedi passa a maior parte do seu tempo no reino dos espíritos do vodu. Ele é conhecido por seu comportamento escandaloso, xingando continuamente e fazendo piadas sujas com os outros espíritos. Quando alguém morre, ele cava a sua sepultura e cumprimenta a sua alma após ter sido enterrado, guiando-a para o submundo.


Ele muitas vezes é invocado por aqueles que estão perto da morte, afim de prover a salvação, já que ele é o único que permite a entrada de um indivíduo no reino dos mortos. Ele pode curar qualquer mortal de qualquer doença ou ferimento, se ele achar que vale a pena. Seus poderes são especialmente grandes quando se trata de maldições de vodu e magia negra. Mesmo que alguém tenha sido atingida por um feitiço que lhe leva a beira da morte, esse individuo não morrerá se o Barão se recusar a cavar a sua sepultura. Ele também garante que todos os cadáveres apodreçam no túmulo, para impedir que sua alma seja trazida de volta como um zumbi. 

O que ele exige em troca de seu auxílio depende de seu humor. Às vezes, ele se contenta com seus seguidores vestindo roupas pretas, branco ou roxas, e usando objetos sagrados. Ou ele pode simplesmente pedir um pequeno presente de charutos, rum, café preto, amendoim grelhado e pão. Mas às vezes o Barão exige uma cerimônia vodu para ajudá-lo a passar para este mundo.

Veve de Baron Samedi

símbolo religioso de loa e serve como sua representação durante rituais.


Ele é considerado um juiz sábio, e um mágico poderoso. Como líder da família Guedé, os espíritos menores da família o obedecem como mestre, todos vestidos como o Barão e são tão rudes quanto ele. Esses espíritos ajudam a transportar os mortos para o submundo.

Geralmente, o Barão Samedi pode ser encontrado de pé nos cruzamentos, onde as almas dos humanos mortos passam a caminho de Guinee (mundo espiritual). Alem de ser o sábio loa da morte, ele também é um loa sexual e ressurreição, freqüentemente representado por símbolos fálicos e famoso pela perturbação, obscenidade, deboche, e tendo uma predileção especial por vícios como o tabaco e o rum. Ele adora fumar e beber e raramente é visto sem um charuto em sua boca ou um copo de rum em seus dedos ossudos.


Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

8 comentários:

  1. ei estou fazendo uma serie que chamara febulaire e preciso de desenhistas favos fazer uma parceria que tal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não temos desenhistas na equipe. Todas as imagens usadas nos nossos posts são retiradas da internet.

      Excluir
  2. e essa serie ai vai ter muita mitologia piratas alienígenas e ação e aventura vai ser inclivel meu emailo e nicolasfk@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. Essa entidade aparece na série "American Horror Story: Coven", mas com outro nome. Ela, no caso a personagem que é uma bruxa Vodu, Marie Leveau, o chama de "Papa Samedi". Com essa questão, pergunto: Existem outros nomes pra essa entidade ou esse nome que apareceu na série é só um fictício? Obrigado desde já, curto muito o blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na série, quem aparece é Papa Legba, o senhor das encruzilhadas, uma lwa diferente de Baron Samedi.

      Excluir
    2. Samedi e Legba são muito parecidos visualmente, mas eles diferem em suas funções. Samedi é o loa dos morto, já Legba é o loa mediador entre os humanos e os outros loas.

      Excluir
  4. Vc escreveu ali "jurando continuamente", mas acho que é um erro de tradução. No texto original provavelmente estava escrito "swearing constantly" ou algo assim, traduzindo pro pt br fica "xingando toda hora ou continuamente" e tals.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha talvez seja isso mesmo. As traduções não fazer muito sentido pra mim as vezes, mas eu faço o possível pra colocar uma coisa aceitável na postagem. Eu sou péssima em traduções do inglês, mas em espanhol eu sou ate boa. Enfim vou mudar essa para ai. Obrigada por avisar sem ser ignorante, e assim me dar a oportunidade de mostrar que sou gentil ao responder comentários kkkkk

      Excluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby