28 de novembro de 2013

Thunderbird

۞ ADM Sleipnir



Thunderbird (Pássaro Trovão) é uma enorme criatura alada, supostamente maior do que um condor, e sobre o qual muitas tribos nativas americanas compartilham uma lenda comum. O nome do thunderbird vem da crença comum de que o bater de suas asas enormes causa o trovão e agita o vento, propiciando tempestades, e entre o abrir e fechar os olhos luzem faíscas contorcidas.

A lenda

Os índios do noroeste dizem que os Thunderbirds acompanham os temporais e que relâmpagos saem de seus olhos. Foi dito também que eles se alimentam de baleias assassinas. Os índios Miami chamavam-no de Piasa, ou "devorador de homens" e acreditavam que as aves exigiam sacrifícios ou atacariam toda a comunidade.

Os Thunderbirds também eram vistos como uma espécie de energia positiva que atacava monstros. Os índios Ojibway do Lago Superior (um dos 5 maiores lagos do mundo), dizem que uma vez um Thunderbird lutou contra Mishipishu, uma cobra semelhante a um monstro do lago. O Thunderbird ganhou a batalha e, conforme ele levava a serpente embora com suas garras, um estrondo de trovão e luzes marcou o evento. Os Iroquois, no entanto, viam o Thunderbird como o guardião de fogo. Em suas histórias havia também um Thunderbird chamado Oshadagea, ou "Águia Orvalho", e quando os malignos espíritos de fogo atacavam a terra, a Águia Orvalho voava sobre as chamas, e o orvalho de suas costas apagava as chamas e tornavam a terra fértil novamente.

Em certa ocasião o sioux John (Fire) Lame Deer contou sobre os Thunderbirds e disse acreditar que eles migraram para as partes mais distantes da terra, descontentes com a civilização suja e impura dos brancos. Os Sioux chamam as aves de Wakinyan Tanka. Lame Deer descreveu os Thunderbirds como criaturas das quais as vozes são o trovão e o pequeno burburinhos do trovão são as vozes de seus filhos. Eles são uma espécie de fantasma, com com corpos imateriais. Houve um tempo em que o Wakinyan Tanka, lutando em favor dos seres humanos, combateu o maligno monstro chamado UnktehilaA guerra irrompeu sobre a Terra por muitos anos, até que finalmente Wakinyan Tanka triunfou.




Alguns avistamentos

Em abril de 1890, dois cowboys do Arizona conseguiram supostamente matar uma criatura semelhante a um pássaro gigante, com uma enorme envergadura . Dizia-se que ele tinha a pele lisa, sem penas e com asas de morcego. Seu rosto parecia o de um jacaré. Curiosamente , esta descrição tem mais de uma semelhança superficial com o pterodáctilo pré-histórico. Eles arrastaram o cadáver de volta à cidade , e o prenderam , com as asas estendidas por todo o comprimento de um celeiro. Supõe-se que existe um retrato deste evento, que pode ou não ter sido publicado no jornal local, o Epitaph Tombstone. Apesar das inúmeras pessoas que afirmaram terem visto esta fotografia recentemente, ninguém jamais foi capaz de produzir uma cópia da imagem nem fazer corroboração histórica que este evento tenha ocorrido, ou seja, provavelmente é somente mais uma lenda urbana.

Houveram também avistamentos mais recentes de supostos thunderbirds. Nos anos 60 e 70, avistamentos de um grande pássaro do tamanho de um avião Piper Cub foram relatados em Washington, Utah e Idaho. Nestas ocasiões, estes avistamentos foram acompanhados de rastros de pegadas e outras supostas provas.

Em 25 julho de 1977, Marlon Lowe, de 10 anos de idade, estava brincando de esconde-esconde com seus amigos quando um grande pássaro agarrou-o pela camisa , levantando-o no ar. Conforme Marlon gritava por sua mãe, o pássaro continuou a levá-lo por cerca de 12 metros antes de deixá-lo cair. Na época, Marlon pesava cerca de 60 quilos. No início, acreditava-se que a ave era um urubu, mas depois que sua mãe fez uma pesquisa na biblioteca, ela encontrou o pássaro que havia atacado seu filho, um pássaro preto com um anel branco na base do seu pescoço, um Condor da Califórnia.

Em outubro de 2002, houveram nas aldeias de Togiak e Manokotak, no Alasca, relatos de um pássaro com uma envergadura de 4,3 m. Embora o tamanho real fosse difícil de se medir a partir do solo, as testemunhas ficaram abaladas. Um piloto o viu também a partir de uma distância de apenas 1.000 pés durante o vôo de seu avião. "As pessoas no avião viram ele", disse o piloto John Bouker. "Ele é enorme, ele é enorme, ele é muito, muito grande. Você não gostaria de deixar os seus filhos lá fora.



Teorias

Alguns criptozoologistas teorizaram que mito do thunderbird surgiu com base na observação de um animal real cuja a população diminuiu nos últimos tempos. Inicialmente, essa teoria foi motivo de escárnio por parte dos céticos, que afirmavam que uma ave tão grande não seria capaz de voar. Mas isso não está fora do reino da possibilidade.

O pré-histórico Teratornis incredibilis, um animal semelhante a um abutre, possuía uma envergadura entre 5 m até 7 m (16 a 24 pés) e acredita-se que ele era capaz de voar. Criptozoologistas também postulam que os thunderbirds eram associados com as tempestades porque eles seguiram os rascunhos para permanecerem em vôo, não muito diferente de uma águia moderna águia pegando carona em correntes de ar. O notável criptozoologista John Keel afirmou ter mapeado vários avistamentos de thunderbirds e descoberto que eles correspondiam em ordem cronológica e geograficamente ao deslocamento de tempestades através dos Estados Unidos.


Teratornis incredibilis



Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

2 comentários:

  1. Ótimo texto. Já conhecia a lenda e é incrível como ela chegou até aos dias de hoje e qual será realmente a veracidade dela! O animal é realmente assustador.
    Esses dias também li um outro texto a lenda Thunderbird aqui:
    http://demonstre.com/thunderbird-o-passaro-do-trovao/
    Abraços e até ao próximo post!

    ResponderExcluir
  2. Oi desculpa discordar mais a criatura Piasa é uma criatura mitológica completamente distinta sendo considerada tipo quimera por ter corpo escamoso asas de águia e cara humana ,segue o link da Wikipédia americana
    https://en.wikipedia.org/wiki/Piasa

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby