10 de outubro de 2016

Potamoi

Os Potamoi (em grego antigo: ποταμός, Potamos, "rio"eram os deuses gregos dos rios e córregos da terra, todos filhos dos titãs Oceano e Tétis. Suas irmãs eram as Oceânides, deusas de pequenos córregos, nuvens e chuva, e suas filhas eram as Náiades, ninfas de nascentes e mananciais.

Esses deuses costumam ser retratados em várias formas: um touro, um homem com cabeça de touro, um homem com cabeça de touro e corpo de serpente da cintura para baixo ou em forma humana segurando uma ânfora vertendo água. Acredita-se que existiam cerca de 3.000 deuses dos rios. Um dos mais célebres é Peneus, protetor do rio Peneios e pai da ninfa Dafne.


Héracles enfrentando Aqueloo, 
Arte de Cornelis Cornelisz van Haarlem (1590)


Lista de Deuses-rios 

Deuses-rios masculinos, relacionados a rios geograficamente reais:
  • Ácis, Akis: um deus-rio da Sicília no sul da Itália. Foi originalmente um rapaz mortal, amado pela nereida Galateia. Depois que o ciumento cíclope Polifemo o esmagou sob uma pedra, Galateia o transformou em um rio de águas muito claras, no qual se banhava diariamente.
  • Acragante, Akragas: um deus-rio da Sicília, no sul da Itália
  • Aias: um deus-rio do Epiro (na atual Albânia).
  • Aisar: um deus-rio da Etrúria, atual Toscana (Itália). Atual rio Sérquio (italiano Serchio, Auser para os romanos)
  • Alfeu, Alpheios: um deus-rio de Arcádia e da Élida, no Peloponeso, sul da Grécia. Amou a ninfa Aretusa e a perseguiu sob o mar até a Sicília
  • Almo: um deus-rio do Lácio,na Itália.
  • Amniso, Amnisos: um deus-rio da ilha de Creta. no Egeu. Suas filhas eram companheiras da deusa Ártemis.
  • Anapo, Anapos: um deus-rio da Sicília.
  • Anauro, Anauros: um deus-rio da Tessália, no norte da Grécia.
  • Anfriso, Amphrysos: um deus-rio da Tessália, no norte da Grécia.
  • Anigro, Anigros, um deus-rio da Élida no Peloponeso, sul da Grécia.
  • Apidano, Apidanos: um deus-rio da Tessália.
  • Aqueloo, Akheloios: um deus-rio da Etólia, na Grécia central. Lutou com Héracles pela mão da princesa Dejanira da Etólia, mas foi vencido pelo herói. Um dos seus chifres foi quebrado na luta e se transformou em uma cornucópia.
  • Aqueronte, Akheron: um deus-rio da Tesprótia, no noroeste da Grécia (distinto do mítico Aqueronte do Hades).
  • Árdesco, Ardeskos: um deus-rio da Trácia (na atual Bulgária).
  • Arno, Arnos: um deus-rio da Etrúria. (atual rio Arno)
  • Ascânio, Askanios, um deus-rio da Mísia, na Anatólia (na atual Turquia).
  • Asopo, Asopos, um deus-rio da Beócia e de Argos, no sul da Grécia. Suas vinte belas filhas náiades foram sequestradas pelos deuses. Quando tentou recuperar uma delas, Aigina ou Egina, Zeus o fulminou com um relâmpago.
  • Astério, Asterion, um deus-rio de Argos no Peloponeso, sul da Grécia. Suas filhas eram aias de Hera.
  • Áxio, Axios, um deus-rio da Peônia (na atual República da Macedônia).
  • Báfira, Baphyras, um deus-rio da Piéria, atual norte da Grécia e Macedônia.
  • Borístenes, Borysthenes, um deus-rio da Cítia central (Ucrânia moderna). Seu rio é chamado agora Dniéper ou Dniepre.
  • Brícon, Brykhon, um deus-rio do Quersoneso na Trácia (norte da atual Grécia). Era um aliado do Gigantes em sua guerra contra os deuses.
  • Caico, Kaikos, um deus-rio de Teutrânia, na Anatólia (na atual Turquia).
  • Caistro, Kaystros, um deus-rio da Lídia na Anatólia (na atual Turquia).
  • Cébren, Kebren, um deus-rio da Tróade na Anatólia (na atual Turquia).
  • Cecino, Kaikinos, um deus-rio do Brútio (atual Calábria, na Itália do sul).
  • Cefisso, Kephissos (1), um deus-rio da Fócida na Grécia central.
  • Cefisso, Kephissos (2), um deus-rio da Ática no sul da Grécia.
  • Cefisso, Kephissos (3), um deus-rio de Argos no Peloponeso, sul da Grécia.
  • Cidno, Kydnos, um deus-rio da Cilícia na Anatólia (na atual Turquia).
  • Citero, Kytheros, um deus-rio da Élida no Peloponeso, sul da Grécia.
  • Cladeu, Kladeos, um deus-rio da Élida no Peloponeso, sul da Grécia.
  • Cocito, Kokytos, um deus-rio da Tesprótia, na Grécia do noroeste, afluente do Aqueronte (distinto do Cocito do Hades).
  • Crêmete, Khremetes, um deus-rio da Líbia na África do norte.
  • Crimiso, Krimisos, um deus-rio da Sicília, Itália. Seduziu uma princesa Troiana disfarçado como um cão.
  • Elísson, Elisson, um deus-rio da Acaia no Peloponeso, sul da Grécia.
  • Enipeu, Enipeus, um deus-rio da Tessália em norte da Grécia.
  • Erasino, Erasinos, um deus-rio de Argos no Peloponeso, sul da Grécia.
  • Erídano, Eridanos, um deus-rio da Ática em sul da Grécia (não confundir com o lendário Erídano da Hiperbórea)
  • Erimanto, Erymanthos, um deus-rio de Arcádia no Peloponeso, sul da Grécia.
  • Escamandro, Skamandros, um deus-rio da Tróade na Anatólia (na atual Turquia). Lutou com o deus Hefestos para apoiar os troianos em sua guerra com os gregos. O rio também era chamado Xanto.
  • Esepo, Aisepos, um deus-rio da Tróada, na Anatólia (na atual Turquia).
  • Esperqueu, Sperkheios, um deus-rio de Malis na Grécia central.
  • Estrímon, Strymon, um deus-rio de Edônia na Trácia (norte de Grécia).
  • Eufrates, Euphrates, um deus-rio da Assíria (Turquia oriental e Iraque modernos).
  • Eveno, Euenos, um deus-rio de Aitolia na Grécia central.
  • Fase, Phasis, um deus-rio da Cólquida, no Cáucaso (na atual Geórgia). Atual rio Rioni.
  • Fílis, Phyllis, um deus-rio de Tínia, na costa do Helesponto, Anatólia (na atual Turquia).
  • Ganges, Ganges, um deus-rio da Índia.
  • Grênico, Grenikos, um deus-rio da Tróade na Anatólia (na atual Turquia).
  • Haliacmon, Haliakmon, um deus-rio de Macedônia e de Piéria em norte da Grécia.
  • Hális, Halys, um deus-rio de Paphlygonia e de Pontos na Anatólia (na atual Turquia). Seu nome atual, em turco, é Kızıl
  • Hebro, Hebros, um deus-rio da Cicônia, na Trácia (atualmente norte da Grécia e sul da Bulgária).
  • Heptáporo, Heptaporos, um deus-rio da Tróade na Anatólia (na atual Turquia).
  • Hermo, Hermos, um deus-rio da Lídia na Anatólia (na atual Turquia).
  • Hidaspes, Hydaspes, um deus-rio da Índia (atual Caxemira). Lutou ao lado dos indianos contra Dioniso. Atual rio Jelum ou Jhelum.
  • Ilisso, Ilissos, um deus-rio da Ática no sul da Grécia.
  • Ímbraso, Imbrasos, um deus-rio da ilha de Samos no grego egeu.
  • Ínaco, Inakhos, um deus-rio de Argos no Peloponeso, sul da Grécia. Foi o primeiro rei de Argos.
  • Indo, Indos, um deus-rio da Cária na Anatólia (na atual Turquia). Não confundir com o rio indiano.
  • Inopo, Inopos, um deus-rio da ilha de Delos, no Egeu (na verdade, um pequeno córrego)
  • Ismeno, Ismenos, um deus-rio da Beócia na Grécia central.
  • Istro, Istros, um deus-rio da Cítia ocidental (atual Romênia). Seu rio, Ister para os romanos, é hoje chamado Danúbio.
  • Ládon, Ladon, um deus-rio de Arcádia no Peloponeso, sul da Grécia.
  • Lamo, Lamos, um deus-rio da Cilíciana Anatólia (na atual Turquia) ou de Beócia na Grécia central. Suas filhas eram aias de Dioniso.
  • Meandro, Maiandros, um deus-rio da Cária na Anatólia (na atual Turquia).
  • Meles, Meles, um deus-rio da Lídia na Anatólia (na atual Turquia).
  • Míncio, Minkios, um deus-rio da Gália.
  • Nesto, Nestos, um deus-rio da Bistônia, na Trácia (norte da Grécia Moderna).
  • Nilo, Neilos o deus-rio do Egito. Seu rio é agora o Nilo.
  • Ninfeu, Nymphaios, um deus-rio da Bitínia e de Paflagônia na Anatólia (na atual Turquia).
  • Nomício, Nomikios, um deus-rio do Lácio,em Itália.
  • Orontes, Orontes, um deus-rio da Síria, na Ásia ocidental. Seu rio é hoje chamado, em árabe, ‘Asi.
  • Pactolo, Paktolos, um deus-rio da Lídia na Anatólia (na atual Turquia).
  • Partênio, Parthenios, um deus-rio de Paflagônia na Anatólia (na atual Turquia).
  • Peneu, Peneios, um deus-rio da Tessália, norte da Grécia.
  • Plisto, Pleistos, um deus-rio da Fócida na Grécia central.
  • Pórpax, Porpax, um deus-rio da Sicília, na Itália do sul.
  • Reso, Rhesos, um deus-rio da Tróade na Anatólia (na atual Turquia).
  • Rino, Rhinos, um deus-rio da Ibéria (na atual Espanha).
  • Ródio, Rhodios, um deus-rio da Tróade na Anatólia (na atual Turquia).
  • Sangário, Sangarios, um deus-rio da Frígia e da Bitínia na Anatólia (na atual Turquia). Era um associado da grande deusa Cibele da Frígia (identificada com Reia).
  • Satnióis, Satnioeis, um deus-rio da Tróade na Anatólia (na atual Turquia).
  • Selemno, Selemnos, um deus-rio da Acaia no Peloponeso, sul da Grécia.
  • Simeto, Symaithos, um deus-rio da Sicília, na Itália do sul.
  • Simóis, Simoeis, um deus-rio da Tróade na Anatólia (na atual Turquia).
  • Tânais, Tanais, um deus-rio da Cítia oriental (Rússia moderna). Seu rio é agora o Don.
  • Telmesso, Telmessos: um deus-rio da Sicília, na Itália do sul.
  • Termesso, Termessos: um deus-rio de Beócia na Grécia central.
  • Termodonte, Thermodon: um deus-rio do Ponto e da Assíria, na Anatólia (na atual Turquia).
  • Tiberino, Tiberinos: um deus-rio do Lácio,em Itália. Seu rio é hoje o Tibre.
  • Tigre, Tigris: um deus-rio da Assíria (Turquia oriental e Iraque modernos) na Ásia ocidental.
  • Titaresso, Titaressos: um deus-rio da Tessália, norte da Grécia.

Deuses-rios de terras míticas:
  • Egeu, Aigaios: um deus-rio da ilha de Esquéria, o mítico lar dos Feácios, identificado mais tarde com a atual ilha grega de Córcira ou Corfu.
  • Erídano, Eridanos: ("cedo queimado" ou "cedo tostado", devido ao mito de Faetonte, que teria caído em chamas nesse rio), um deus-rio da Hiperbórea (identificado mais tarde com o atual Reno ou com o Pó).

Deusas-rios e deusas-lagos:
  • Bolbe, Bolbe: deusa-lago da Tessália, no norte da Grécia.
  • Gige, Gygaie: deusa-lago ou deus-lago da Lídia, na Anatólia (Turquia moderna).
  • Neda: oceânida, deusa-rio de Arcádia, sul da Grécia e uma das aias de Zeus.
  • Tritônis, Tritonis: deusa-lago do lago Tritônis, no norte da África, hoje seco e reduzido a um pântano salgado sazonal, o Chott el-Djerid, no sul da Tunísia.

Deuses-rios e deusas-rios do Hades:
  • Aqueronte, Akheron: "pântano", associado por etimologia popular ao grego akhos, "dor". Um deus-rio do Hades, o submundo, que toma o nome de um rio real da Tesprótia, no noroeste da Grécia, que após atravessar uma região selvagem, desaparecia nas entranhas da terra e ressurgia formando um pântano insalubre numa paisagem solitária. Filho de Gaia, teria sido condenado a permanecer nas entranhas da Terra por ter permitido que os Gigantes, durante a luta contra os deuses, bebessem de suas águas. É um dos rios atravessados pela barca de Caronte e suas águas são paradas, com as margens cobertas de caniços.
  • Cocito, Kokytos: "grito de dor", um deus-rio do Hades, o submundo, que toma o nome de um rio real da Tesprótia, afluente do Aqueronte.
  • Estige, Styx: "odiosa, horrível", uma deusa-rio do Hades, o submundo, relacionada a uma fonte da Arcádia, perto da cidade de Nonácris, que descia de um rochedo escarpado e perdia-se nas entranhas da Terra. Tinha a reputação de envenenar seres humanos e rebanhos e corroer metais e cerâmicas. O único material que lhe resistia era o casco de um cavalo. Dizia uma lenda que Alexandre Magno foi envenenado com água do Estige.
  • Lete, Lethe: "esquecimento", uma deusa-rio do Hades, o submundo, de cujas águas as almas bebiam para esquecer a vida terrestre – e, nas concepções órficas e platônicas, voltavam a beber antes de reencarnar, para esquecer sua existência entre as sombras. Estava relacionada a uma fonte do mesmo nome no oráculo de Trofônio, em Lebadia, na Beócia, da qual os consulentes bebiam para esquecer o profano (depois bebiam da fonte Mnemósine, "memória, para se lembrarem do oráculo sagrado).
  • Piriflegetonte ou Flegetonte, Pyriphlegethon: "de chamas ardentes", um deus-rio do Hades, o submundo. É citado pela primeira vez na Odisseia, ao lado do Aqueronte, Cocito e Estige.
Aqueronte, Arte de Bernando Curvello
fontes:
Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

Nenhum comentário:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby