Image Map

22 de novembro de 2019

Nasu

۞ ADM Sleipnir

Arte do mobile card game Legend of Cryptids
Nasu (também chamado Druj Nasu, Nasa, Nas, Nasuš) é um demônio (daeva) feminino pertencente ao zoroastrismo, e a manifestação da decadência e contaminação de cadáveres. Nasu aparece em vários textos dentro do Avesta, em particular o Vendidade.

De acordo com os mitos, assim que uma pessoa morre e sua alma deixa seu corpo, e o mesmo é guardado por apenas uma pessoa, Nasu deixa sua morada, a montanha Aresura, e sob a forma de uma mosca ataca o seu cadáver, se alimentando dele e acelerando sua decomposição. Assim que Nasu toca um cadáver, o corpo instantaneamente se torna contaminado. Se alguém entrar em contato com esse cadáver, Nasu emergirá do corpo e o infectará, tornando-o "impuro ... para todo o sempre" (Vendidade. 3:14)



Nasu pode ser repelido com o uso de feitiços sagrados específicos, ou pelo olhar de um "cão amarelo com quatro olhos (com uma mancha escura sobre cada um dos olhos) ou um cão branco com orelhas amarelas". O consumo do corpo por uma ave de rapina ou por um cão também tem ação repelente, fazendo Nasu retornar para Aresura.

A crença em Nasu tem grande influência nos ritos fúnebres e as cerimônias funerárias zoroastrianas, bem como o desprezo geral pela matéria dos cadáveres que é mantido pelos praticantes de zoroastrismo.

Cultura Popular


Nasu aparece na franquia de jogos Megami Tensei, além dos mobile card games Age of Ishtaria, Guardian Cross, Legend of the Cryptids, e Blood Brothers. No anime e mangá Saint Seiya: The Lost Canvas, Nasu é a sapuris do espectro Verônica, a Estrela Celeste da Contemplação.


fontes:
  • The Encyclopedia of Demons & Demonology, de Rosemary Ellen Guiley;
  • Encyclopedia of Demons In World Religions and Cultures, de Theresa Bane.
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante e ajuda a manter o blog ativo!

3 comentários:

  1. Ele é um ser super interessante e amei a referência ao Verônica, 😍😍😍😍

    ResponderExcluir
  2. Não lembrava do espectro Verônica em The Lost Canvas e faz só quatro anos que vi...

    ResponderExcluir
  3. Mais um mito que usarei em Livrai-nos do Mal, ou em algum outro livro que se passe no mesmo universo. Ela será um demônio da ordem dos asuras (serafins e principados caídos), uma baronesa que governará a região de Aresura, no nono círculo infernal, o Duzakh, regido pelo duque Baalzebul, Príncipe das Moscas.

    ResponderExcluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby