Image Map

31 de julho de 2020

Piuchén

۞ ADM Sleipnir

Arte de Deathares

Piuchén (também conhecido como Peuchen, Pihuchen, Pihuychen, Pihuichen, Piguchen ou Piwuchen) é uma temível criatura pertencente as mitologias mapuche e chilota. É uma espécie de metamorfo, que geralmente toma a aparência de uma gigantesca serpente alada, mas pode assumir a forma de outros animais e até mesmo uma forma humanóide. Conta-se ainda que seu corpo seria coberto de grama, arbustos, chifres e outras estruturas salientes. 


Um Piuchen possui uma incrível longevidade e grande força física, sendo capaz de derrubar árvores de grande porte, e ainda pode gerar ondas gigantes, capazes de destruir embarcações. Geralmente vive perto de lagos e rios, onde a sua presença traz grande pânico, pois acredita-se que ele produz uma substância tão irritante que, quando transmitida através do ar ou de água, provoca erupções cutâneas semelhantes a sarna. Sua alimentação consiste basicamente de sangue de ovelhas, cabras e outros animais, os quais ele paralisa com seu olhar antes de atacá-los. Apesar de não ser um hábito comum, também pode atacar humanos e se alimentar de seu sangue. 


Acredita-se que quando o gado enfraquece sem causa aparente, é porque há um Piuchén na região. Uma vez que seja detectada a ação de um Piuchén numa localidade, somente um/uma machi (xãma) mapuche pode combatê-lo, conduzindo uma cerimônia mágica para expulsá-lo da região. 

Uma curiosidade: o nome Piuchén também designa o morcego-vampiro comum (Desmodus rotundus). Por isso, alguns criptozoologistas acreditam que o Desmodus rotundus tenha originado a lenda; no entanto outros outros acreditam que o Piuchen pode estar relacionado com o Chupa-cabras ou ser o mesmo criptídeo. 
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

Um comentário:

  1. É curioso que serpentes emplumadas/aladas são uma constante em mitologias e lendas de quase todos os povos do mundo.

    ResponderExcluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby