3 de dezembro de 2015

Ningirama

۞ ADM Sleipnir

Arte de Alvaro Knot Estrada
Ningirama é um deus menor da magia na mitologia mesopotâmica (suméria e acádio-babilônica). Não se sabe muito sobre ele, exceto que ele era uma divindade geralmente invocada por aqueles que buscavam sua proteção contra serpentes. A ilustração acima é do card game Mitos Y Leyendas.

Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

3 comentários:

  1. Faz pouco tempo que conheci teu blog, devido a uma pesquisa que fiz no Google procurando um assunto específico. E só posso dizer o seguinte: que grata surpresa!

    Teu trabalho é muito bom! Textos bem informativos, ilustrações, grande acervo de dados. Numa época de tanto lixo textual na internet, consegues ter um blog muito interessante, envolvente, em que podemos ficar um bom tempo lendo e aprendendo sem nos darmos conta do passar do tempo. Parabéns novamente! Sou professor de História e Filosofia e desejo muito sucesso ao blog e, de minha parte, compartilho com prazer o blog aos meus outros colegas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Joaquim! O nosso maior prêmio é o reconhecimento do nosso trabalho pelos nossos leitores.

      Excluir
  2. Pensei que ele tinha algo a ver com o Cernunnos que segura a cobra naquela imagem do caldeirão representando o controle sobre a mulher, ou a era dos deuses apolíneos

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby