Image Map

12 de abril de 2022

Caballucos del Diablu

۞ ADM Sleipnir

Arte de Fabián Rivera

Os Caballucos del Diablu ("cavalinhos do diabo" no dialeto cantábrico) são seres malignos pertencentes ao folclore da Cantábria, uma comunidade autônoma pertencente à Espanha. Tratam-se de sete seres que possuem uma aparência híbrida entre um cavalo e uma libélula (geralmente apresentando somente as asas desta), sendo cada um de uma cor: vermelho, branco, azul, preto, amarelo, verde e laranja. Dizem que eles foram homens que sucumbiram aos seus pecados e perderam sua alma para o Diabo, sendo forçados a vagar pela Cantábria por toda a eternidade.

De acordo com a lenda, os Caballucos del Diablu passam um ano inteiro confinados em cavernas na região da Cantábria, de onde só tem permissão para sair durante um dia no ano: 23 de junho, véspera de São João. Neste dia, durante a noite, eles surgem nos céus em meio a chamas, fumaça e enxofre, emanando gritos terríveis e expelindo fogo de suas bocas e um forte vento frio de suas narinas. O cavalo vermelho é o maior e o mais robusto, e lidera os demais durante sua cavalgada. Os moradores que viram os caballucos dizem que todos os cavalos são montados por demônios, e o vermelho em particular é montado pelo próprio Diabo.


Eles atacam a todos que encontram pelo caminho, além de pisotear e destruir plantações. Além disso, dizem que eles se alimentam de trevos de quatro folhas, raros e considerados poderosos amuletos da sorte. Durante essa única oportunidade no ano, eles buscam encontrar o máximo de trevos de quatro folhas possível para que não só se alimentem deles, mas para que dessa forma ninguém possa encontrá-los e se beneficiar deles. 

Enquanto se alimentam ou descansam de sua jornada de terror, eventualmente os Caballucos deixam gotas de saliva caírem no chão. De acordo com a lenda, nesses locais surgem barras de ouro que, se encontradas por qualquer homem, lhes trarão sorte e as enriquecerão imensamente. Porém, quando morrerem, suas almas estarão destinadas a irem para o inferno.

Existem duas formas de evitar que os Caballucos del Diablu se aproximem de você. A primeira é trazer consigo um punhado de verbena, que precisa ser recolhida antes do anoitecer de São João, e a segunda e ficar próximo da fogueira de São João, da qual eles jamais se aproximam.

Verbena

NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante e ajuda a manter o blog ativo!

Nenhum comentário:



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby