9 de janeiro de 2013

Hórus

۞ ADM Sleipnir



Hórus (ou Heru-sa-Aset, Her'ur, Hrw, Hr ou Hor-Hekenu) era um dos deuses mais antigos e mais importantes do Egito. Ele foi originalmente retratado como um gavião ou falcão e adorado como o deus do sol e criador dos céus. Seu olho direito representava o sol, e seu olho esquerdo representou a lua. Mais tarde, as imagens mostram-no como um homem com a cabeça de um pássaro. Ele tornou-se uma figura importante na mitologia egípcia. Antes de seu nascimento, seu pai Osíris morreu pelas mãos de seu próprio irmão Seth (representação do mal). Quando Hórus cresceu, ele jurou vingar a morte de seu pai e lutou contra Seth muitas vezes. 

Hórus era considerado pelos antigos egípcios a encarnação de Rá na Terra, a manifestação solar no plano material, o princípio do fogo. Hórus era a “encarnação do dia” , aquele que venceu o deus Seth heroicamente, na luta entre o bem e o mal, fazendo vencer a luz. Por isso seu nome está associado ao heroísmo. No sincretismo com a mitologia grega, Hórus é comparado ao deus Apolo.


Os primeiros governantes do sul do Egito eram seguidores de Hórus. Quando eles conquistaram norte do Egito e reuniu as duas terras (por volta de 2200 B. C), Hórus tornou-se o símbolo do país recém-unificado, e o faraó era considerado a encarnação de Hórus. Com o tempo, o culto de Hórus sob seus vários nomes, se espalhou para muitos lugares. 

Hórus possuiu vários epítetos, de acordo com a época e com a cidade onde foi cultuado. Seus principais epítetos foram: "O Único nas alturas", "O elevado", "O distante", "Senhor do Céu"  e "Senhor das estrelas circumpolares" 

O Conflito entre Hórus e Seth 



As histórias acerca desse mito são bem variadas, apresentaremos aqui as versões mais recorrentes.

Em uma versão da história, Seth cegou Hórus de seu olho esquerdo, mas o deus Thoth o curou. Hórus acabou matando Seth, e os deuses o nomearam governador do Egito. O olho restaurado, chamado de udjat ou wedjat, tornou-se um poderoso símbolo mágico de proteção no antigo Egito. Os egípcios usavam a história de olho ferido de Hórus para explicar as diferentes fases da lua. 


Em outro conto do conflito entre Hórus e Seth, os dois buscaram a Enéade, o conselho dos deuses, para decidir quem iria herdar o trono de Osíris. A maioria do conselho votou em Hórus, mas o deus sol Ra favoreceu Seth porque ele era mais velho e mais capaz. Como resultado disso, Hórus e Seth realizaram várias disputas para determinar quem iria se tornar o governante. 

Em uma ocasião, os dois deuses se transformaram em hipopótamos para ver quem conseguia ficar mais tempo debaixo d’água. Durante a disputa, a mãe de Hórus , Ísis , teve a chance de matar Seth, mas não soube distinguir qual dos dois era seu filho, e ao atirar sua lança, acabou acertando as costas de Hórus, que reagiu instintivamente indo contra sua mãe e arrancando-lhe a cabeça. 

Ao perceber o que fez, Hórus fugiu para o deserto, com a intenção de jamais voltar. Seth o perseguiu, e encontrando-o dormindo, arrancou-lhe os seus olhos. Hathor, a deusa da festividade, da dança e da alegria encontrou seu amado Hórus deitado com a face virada para baixo. Vendo que ele estava sem seus olhos, os reparou com o leite de um pequeno antílope. No final, o deus Thoth intervém na disputa, curando Ísis, e trazendo os 2 deuses de volta ao conselho divino, onde todos os deuses concordaram que Hórus deveria ser o governante. Por esta sentença, Seth perdeu o seu poder sobre as terras negras e férteis do Egito, voltando a reinar apenas na terra vermelha, mas ele não é castigado nem afastado do mundo. Passa a ser também uma divindade necessária ao ser acolhido por Rá, para que se ocupe nos céus de alternar a noite com o dia e deixe que sejam os reis os que governem sobre a terra.

Descendência

Hórus gera quatro filhos: Imset (Amsiti), Hapi, Duametef (Tuemeft) e Quebsnauf (Kevsnef). Estes filhos, que acompanham Osiris no julgamento dos mortos, também cuidam dos quatro pontos cardeais e se ocupam de velar pelas necessidades e pela saúde das entranhas de Osíris.


fontes:
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

10 comentários:

  1. simplesmente perfeito !!!!!!!!!! ameiiiii

    ResponderExcluir
  2. Muito bom esse blog e melhor que já visitei parabéns!

    ResponderExcluir
  3. gente alguém sabe me dizer como é chamado o Hórus?o seu nome original ?

    ResponderExcluir
  4. muito bom mas o primeiro deus não foi hórus e sim rá

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por comentar! Eu não disse em nenhum momento que Hórus era o primeiro deus.

      Excluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo. Porém pedimos que evitem:

1)Xingamentos ou ofensas gratuitas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Desrespeitar gratuitamente o autor da postagem ou outro visitante. Mantenha a polidez;
6)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby