Image Map

27 de outubro de 2021

Hōkō

۞ ADM Sleipnir

Arte de Matthew Meyer

Hōkō (japonês ほうこう, "senhor perene"; pronuncia-se Houkou) é um yokai pertencente ao folclore japonês, dito ser um espírito da natureza que habita em árvores que atingiram os mil anos de idade. Sua aparência é a de um cachorro preto sem cauda e com um rosto semelhante ao de um ser humano. Por ser um espírito ligado as árvores, o Hōkō é geralmente associado a outros espíritos como o Kodama e o Yamabiko, este último principalmente por ter uma aparência bastante semelhante. 

Yamabiko

Origem chinesa

O Hōkō tem origem na China, onde é conhecido como Penghou (彭侯). Hōkō é a pronúncia japonesa do nome em chinês pois, devido às mudanças graduais nos sistemas de escrita da China e do Japão, os caracteres usados ​​para escrever hōkō não se traduzem perfeitamente em japonês. 

O Penghou tem sua descrição feita no Baize tu (白 澤 圖, "Diagramas do Pântano Branco"), datado do séc III. Já o Soushen Ji (搜神記, "Em Busca do Sobrenatural"), datado do séc IV, traz uma história sobre "O Penghou na Árvore de Cânfora ":

"Durante o Reino Wu (Período dos Três Reinos, 220–280), Jing Shu derrubou uma grande árvore de cânfora. Então a madeira sangrou e dentro havia um animal que era parecido com um cachorro, mas com um rosto humano. Jing Shu disse que este era um Penghou. Então ele cozinhou o animal e o comeu, e o mesmo tinha gosto de carne de cachorro."

Hōkō foi incluído por Toriyama Sekien no Konjaku Hyakki Shūi (今昔百鬼拾遺, "Apêndice aos Cem Demônios do Presente e do Passado"), o 3º livro de sua famosa série, onde citou a história contada no Soushen Ji e adicionou a descrição do Penghou existente no Baize tu. Sekien também faz questão de destacar que se trata de um yokai diferente do Yamabiko.

O fake Hōkō

Desde meados da década de 2000, circulam textos e imagens na internet sobre o Hōkō possuir a aparência de um cão branco dotado de cinco caudas, onde cada uma delas possui uma cor representando os elementos fogo, água, vento, terra e raio. Essa descrição se tornou tão recorrente que muitos sites e outros veículos de informação o reproduzem até hoje como sendo verdadeiro, porém não passa de um grande equívoco.


O "fake Hōkō" surgiu na internet numa época onde o anime/mangá Naruto estava em alta, e era fonte de muitas teorias e fanfictions. Uma fanfiction em particular, feita numa época em que nem todos os bijuus ("bestas de cauda") haviam dado as caras na obra, apresentava o bijuu de cinco caudas com o nome de Hōkō e com a aparência descrita acima. Além disso, algumas ilustrações baseadas nesse bijuu começaram a surgir em sites como o Deviantart, muitas vezes sem a informação de que ela era baseada em uma fanfic, e assim ajudando a disseminar a falsa história. O verdadeiro bijuu de cinco caudas, Kokuō, só daria as caras na obra no capítulo 467, lançado em 21/10/2010, e apesar de ser branco e ter 5 caudas, difere completamente da sua versão da fanfic e nada tem haver com o Hōkō genuíno.

Kokuō


fontes:



CLIQUE NO BANNER ABAIXO PARA MAIS POSTAGENS DA SÉRIE

NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante e ajuda a manter o blog ativo!

Nenhum comentário:



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby