Image Map

3 de abril de 2019

Rudá

۞ ADM Sleipnir
Arte de Vinícius Galhardo

Rudá é o deus do amor na mitologia do povo tupi-guarani. Ele é descrito como um guerreiro que vive nas nuvens, de onde observa todas as criaturas da terra e as influencia a se reproduzirem e povoar a mesma. Rudá enche os corações e as mentes dos guerreiros de amor por seus familiares e suas esposas, fazendo-os sentir saudade delas e assim retornar mais rápido para suas tribos após suas viagens e guerras. As mulheres, por sua vez, oravam a ele pedindo proteção a seus companheiros.

Conta-se que Rudá tinha uma serpente com o poder de reconhecer moças virgens. Ao oferecer-lhe oferendas, a serpente fazia com que os peixes adormecessem e assim, essas  moças podiam pegá-los sem dificuldade. Caso uma moça que não fosse mais virgem tentasse o mesmo, era devorada sem dó.

Arte de J. Queiroz

fontes:
  • Abecedário de Personagens do Folclore Brasileiro, de Januária Cristina Alves;
  • South and Meso-American Mythology A to Z, 2º edição, de Ann Binghan
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante e ajuda a manter o blog ativo!

Um comentário:



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby