Image Map

12 de agosto de 2022

Strzyga

۞ ADM Sleipnir

Arte de Giovanni Fim

Strzyga (polonês, feminino; plural: Strzygi, masculino: Strzygoń) é uma criatura vampírica e demoníaca presente na mitologia e folclore eslavo e predominante no folclore polonês. Ela é descrita como um ser originalmente humano e normalmente feminino, nascido com dois corações, dois conjuntos de dentes e duas almas (alguns relatos falam sobre não possuírem pelos nas axilas, somente uma sobrancelha ou alguma marca de nascença nas costas). 

Uma vez detectado algum desses sinais, essa pessoa era tratada como um espírito maligno, e expulsa de sua aldeia. Abandonada à própria sorte (geralmente com pouca idade), ela acaba morrendo, com um de seus corações parando de bater e uma de suas almas deixando o corpo e passando para o além-vida. O outro coração continuará batendo, mas o corpo e a alma desse ser não poderia mais ser considerado humano. No início,a pessoa pode até parecer normal, com a pele talvez um pouco azulada. Logo, porém, ela começa a desenvolver características semelhantes a corujas, como asas emplumadas, orelhas longas e pontudas e garras ferozes. Combinadas aos seus dois conjuntos de dentes irregulares, essas características a torna uma predadora cruel, passando a se alimentar da força vital dos outros para sobreviver.

Arte de Asfodelo

Hábitos

Strzygi dormem em sepulturas durante o dia e emergem à noite e, embora possam sobreviver inicialmente com sangue animal por algum tempo, logo desenvolverão a necessidade de se alimentar de seres humanos. Eles visam especialmente aqueles que as prejudicaram em sua “primeira” vida, sugando seu sangue antes de também devorar suas entranhas. Entre as táticas de uma Strzyga, está a de se disfarçar de coruja, empoleirando-se em celeiros ou árvores antes de retomar sua verdadeira forma e atacar suas vítimas durante a noite.

Arte de Evgeny Khamatov

Prevenindo o retorno de uma Strzyga

Acredita-se que haja uma variedade de maneiras de impedir que uma Strzyga volte depois de morrer pela primeira vez. Queimar o corpo e decapitar o cadáver geralmente eram as opções mais populares, mas haviam outras como: 

  • espalhar pequenos objetos como grãos, por exemplo, no túmulo para que a Strzyga se distraia contando ao renascer; 
  • dar um tapa no cadáver com a mão esquerda;
  • enterrar a cabeça do cadáver para baixo e cortar os tendões de suas pernas;
  • Martelar pregos, estacas etc. em várias partes do corpo do cadáver;
  • Colocar uma pederneira em sua boca após a exumação;
  • Tocar os sinos da igreja (dizem que faz a strzyga se transformar em alcatrão);
  • Enterrar o cadáver novamente, fora da aldeia, e prendê-lo com uma grande pedra;
  • Exumar o cadáver na presença de um padre e enterrá-lo novamente, após rituais adicionais (como colocar um pedaço de papel com a palavra "Jesus" escrito nele debaixo da língua do mesmo).
Uma vez que tenha renascido e se tornando um monstro por completo, as recomendações para evitar ser atacado por uma Strzyga incluem caminhar no meio das estradas, evitando árvores e arbustos pesados ​​e não se aproximar de cemitérios.

Origens

O termo Strzyga deriva de Strix, que na mitologia grego-romana, era uma ave de mau agouro, produto da metamorfose, que se alimentava de carne e sangue humanos. Também se referia a bruxas e outros seres folclóricos malévolos relacionados, como o romeno Strigoi. Não é claro como a palavra strzyga foi adaptada pelos povos eslavos, embora possa ter sido através dos povos balcânicos.

Curiosidade

Um fato interessante envolvendo a lenda sobre a Strzyga é que no passado, durante epidemias, muitas pessoas eram enterradas vivas, e aquelas que conseguiram sair de seus túmulos, muitas vezes fracos, doentes e com as mãos mutiladas, eram considerados strzygi por outros.


fontes:
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

4 comentários:

  1. show! se não me engano ela aparece em the witcher não é?!🤔 só lembro se foi nos jogos ou na série?

    ResponderExcluir
  2. Muito legal, não conhecia essa criatura vampírica, ela me pareceu muito uma versão da Striga!

    ResponderExcluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby