Image Map

3 de agosto de 2022

A Origem do Guaraná

 ۞ ADM Sleipnir

Arte de Taisiya Kulygina

O Guaraná é uma fruta típica da Amazônia, encontrada no Brasil e Venezuela. Ela é pequena, envolta por uma casca vermelha e com uma polpa branca em seu interior que a faz ter uma aparência que lembra a de um olho. Ela possui ainda uma substância semelhante à cafeína, chamada guaraína, conhecida por diminuir a fadiga e aumentar a resistência mental. Devido a sua propriedade estimulante, ela é utilizada para a fabricação de xaropes, barras, pós e refrigerantes. 

Uma lenda oriunda da tribo indígena Sateré-Mawé narra a origem mitológica dessa fruta. Segundo ela, há muito tempo havia um casal de índios que desejava ter um filho mas apesar de muito tentarem, não conseguiam gerar uma nova vida. Um dia, resolveram recorrer ao deus Tupã, clamando para que ele concedesse-lhes a graça de ter um filho.

O desejo do casal foi atendido, e eles tiveram um menino que reunia muitas qualidades: era bonito, saudável, generoso e muito inteligente, sendo querido por todos de sua aldeia. Tudo levava a crer que no futuro, ele seria um grande chefe. Tantos atributos positivos despertaram a atenção e a inveja de Jurupari, o deus do mal, que resolveu matá-lo enquanto ainda era criança. Geralmente, o pequeno índio estava sempre acompanhado, e assim era resguardado de qualquer perigo, mas Jurupari aproveitou um momento no qual o menino estava sozinho colhendo frutos na floresta para atacá-lo. Transformando-se em uma serpente, Jurupari aproximou-se dele e o picou.

Arte de Dayv Miranda

Tupã mandou trovões ensurdecedores, tentando alertar os pais do menino sobre o perigo que ele corria, mas eles não foram capazes de chegar a tempo de evitar que o pior acontecesse. Ao encontrá-lo, ele já havia morrido devido a ação do veneno da serpente.

Não só os pais do menino, mas toda a sua tribo foi tomada por uma grande tristeza. Diante de tamanha comoção, Tupã aconselhou os pais à recolherem os olhos da criança e os plantarem no solo. Eles deveriam regá-los durante quatro luas, e deles nasceriam uma nova planta, capaz de dar força aos guerreiros e vigor aos velhos da tribo. Os pais do menino seguiram o conselho de Tupã e plantaram os olhos do filho no solo onde sua tribo vivia, e os regaram com lágrimas todos os dias. Passadas as quatro luas, nasceu no local uma planta cujo fruto, o guaraná, se assemelhava aos olhos humanos. E assim como Tupã havia dito, a fruta trouxe progresso à tribo, ajudando os velhos e dando mais força aos guerreiros.

Arte de Gustavo Matsunaga

fontes:

NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

Um comentário:

  1. cara muito bom, primeira vez que conheço essa lenda sobre a origem do guaraná

    ResponderExcluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby