Image Map

15 de agosto de 2014

Heh

۞ ADM Sleipnir




Heh (Huh, Hah, Hauh, Huah, Hahuh) é um deus primordial egípcio que personifica o infinito ou a eternidade. Um dos membros da Ogdóade de Hermópolis, seu nome significa "infinito". Sua contraparte feminina era conhecida como Hauhet, e é simplesmente a forma feminina de seu nome. 

O significado primário do termo heh era "milhão" ou "milhões"; posteriormente, a personificação de Heh foi adotada como o deus egípcio do infinito. 

Iconografia

Assim como outros conceitos dualísticos da Ogdóade,  sua forma masculina foi muitas vezes descrita como um sapo ou homem com a cabeça de rã, e sua forma feminina como uma serpente ou uma mulher com a cabeça de uma serpente. Outra representação comum de Heh o retrata em forma humana, agachado, segurando um tramo de palmeira em cada mão (ou apenas em uma), às vezes com uma haste de palma em seu cabelo, já que para os egípcios a palma representada longa vida, e os anos sendo representado por entalhes sobre ele. 



Representações desta forma também tem um anel Shen na base de cada haste de palma, representando o infinito. Representações de Huh também eram utilizadas em hieróglifos para representar um milhão, que foi essencialmente considerado equivalente ao infinito na matemática egípcia. Por isso, Heh também é conhecida como o “deus de milhões de anos”.

Culto e adoração 

Como um deus bem abstrato, Heh não possuía nenhum centro de culto conhecido ou santuário. A sua veneração girava em torno de seu simbolismo e das crenças pessoais de quem o venerava. A imagem do deus e seus elementos iconográficos refletem o desejo de milhões de anos de vida ou de reinado; como tal, a figura de Heh encontra representação freqüente em amuletos, itens de prestígio e na iconografia real do Império Antigo em diante.

NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

5 comentários:

  1. Muito bom!,estou conhecendo muitos deuses incríveis nesse Blog que eu nunca tinha ouvido falar.

    ResponderExcluir
  2. Eu li em uma coleção de fascículos sobre os deuses egípcios (Mistério dos Deuses Egípcios, da editora Salvat), que existem dois Heh diferentes, assim como existem Hórus diferentes, um é o Heh demiurgo, que representa o infinito e a eternidade, representado agachado com os dois hieróglifos que representam 1 milhão, e que existe desde antes da criação do mundo, e o outro é o Heh da Ogdóade de Hermópolis, que é representado azul e com a cabeça de rã e que é casado com a sua contraparte feminina, Hauet, a serpente, porque tanto a serpente quanto as rãs são anteriores a Criação, e os dois juntos formam o princípio do espaço infinito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho essa coleção. Vou dar uma conferida lá pra ver, porque só consigo achar Heh como um só nos outros livros e fontes que eu tenho.

      Excluir
    2. Acredito que a questão tenha a ver justamente com os vários nomes pelos quais Heh é chamado.

      Excluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby