18 de agosto de 2014

Sirrush

۞ ADM Sleipnir



Sirrush(ou Mushussu) é uma criatura monstruosa da mitologia mesopotâmica, em especial a acadiana. Seu nome significa "serpente furiosa" em acadiano. Ele é descrito como uma criatura reptiliana (atualmente consideram-no um dragão), com as patas dianteiras felinas e pernas as traseiras de uma ave. As vezes é representado com o corpo coberto de pelos, mas geralmente é representado coberto por escamas. A criatura tem ainda um longo pescoço, uma cauda com um ferrão venenoso na ponta, ​​um chifre e uma crista na cabeça, além de uma língua ofídica.

O Sirrush é conhecido principalmente por sua representação na Porta de Ishtar, um dos oito portais da cidade da Babilônia, datada do séc VI a.C. e encontrada em 1902 pelo arqueólogo Robert Koldewey. 




A Porta de Ishtar exibe múltiplas imagens do Sirrush, juntamente com outros animais reais como o leão e o auroque (extinto em 1627); por isso especula-se que essa criatura era conhecida pelos babilônios e, portanto, era real. Outro fato que corrobora com essa teoria é o fato da representação do Sirrush ter permanecido constante durante muitos séculos, enquanto outras criaturas míticas terem mudado, as vezes drásticamente.

O Sirrush foi símbolo de diferentes divindades mesopotâmicas, como Ninazu, Tispak, e posteriormente, MardukUm texto bíblico apócrifo (Daniel 14: 23-27)  relatada uma história a qual Koldewey acreditava se tratar de um Sirrush. A história fala sobre um dragão, que vivia no templo da divindade babilônica Bel, e que era adorado como um deus. O profeta Daniel envenena o dragão para demonstrar aos sacerdotes do templo que o mesmo era mortal, como qualquer outro ser.

23 - Havia um dragão enorme adorado pelos babilônios.

24 - O rei disse a Daniel: -Não podes dizer que é de bronze, porque está vivo, come e bebe. Não podes negar que seja um deus vivo. Então, adora-o também.

25 - Daniel respondeu: -Só adoro ao Senhor meu Deus, porque Ele é o Deus vivo. Se Vossa Majestade permitir, eu mato este dragão sem espada e sem bastão.

26 - O rei disse: -A licença está concedida.

27- Daniel pegou em pez, sebo e crinas, mandou cozer tudo junto; com isso preparou bolos e atirou-os para a boca do dragão, o qual engoliu aquilo e rebentou. Então Daniel disse: -Aí está o que vós adorais!


Teorias

Alguns criptozoologistas comparam o Sirrush ao criptídeo africano Mokele-mbembe, enquanto outros contestam esta comparação, pois os contornos do Mokele-mbembe são arredondados, semelhante aos dinossauros saurópodes, enquanto as representações artísticas do Sirrush mostram uma criatura bem magra e alongada.

Em 1918, Koldewey sugeriu que o Sirrush poderia ser um Iguanodon, um dinossauro que tinha as patas traseiras de pássaro. Outra sugestão sobre o que a criatura poderia ter sido é o Sivatherium, um animal similar a uma girafa, extinto a cerca de 8.000 anos atrás.


Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

Um comentário:

  1. Muito bom meus amigos!!! eu só sabia que se chamava Mushussu; mas Sirrush, é novidade. Mas vive-se e aprende-se. hehehe. Obrigado pela postagem.

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby