Image Map

9 de fevereiro de 2022

Casaca-de-ferro

 ۞ ADM Sleipnir

Arte de Rodrigo Viany (Sleipnir)

O Casaca-de-ferro (ou Casaca de Ferro) é um fantasma presente no folclore de Minas Gerais, dito pertencer a um rico fazendeiro e dono de minas de ouro mineiro do séc XVIII e que após sua morte, passou a vigiar e proteger o tesouro que escondeu em sua propriedade enquanto vivo. Naquele tempo, era costume levar o ouro bruto para casas de fundição para transformá-los em barras, mas a viagem era cara e perigosa, e sem guarda-costas bem pagos e armados, a chance de ser roubado era extremamente alta. Apesar de poder arcar com esses custos, ele os evitava ao máximo, acumulando e escondendo o que podia.

Além de se precaver contra possíveis roubos, ele também se precavia de ser atacado a qualquer momento em sua propriedade trajando uma espécie de armadura espanhola, ganhando assim a sua alcunha de Casaca-de-ferro. Um descuido, porém, faria com que ele acabasse perdendo a vida.

Certo dia, dois homens suspeitos apareceram buscando emprego em sua fazenda. Apesar de seu fiel capataz, talvez a única pessoa em quem ele confiava de verdade, ter suspeitado deles e tentado alertá-lo para não recebê-los, o Casaca-de-ferro os admitiu. Passados alguns dias, chegou a festa de São Pedro  e a fazenda estava cheia de gente. Nela existia uma pequena capela, construída ao pé de uma grande figueira, e onde o Casaca-de-Ferro costumava rezar. Naquela noite, enquanto todos se divertiam na festa, ele se dirigiu até a capela para orar. Chegando à capela, ele se despiu de sua armadura e se ajoelhou perante uma imagem de São Pedro.

Na festa, ouviu-se o estrondo de armas de fogo. Todos correram, e ao chegarem na capela, encontraram o Casaca-de-ferro estirado no chão e agonizando, morrendo poucas horas depois. Os dois homens que ele havia admitido na fazenda desapareceram e nunca mais foram vistos. Após sua morte, começaram os boatos de que seu espírito aparecia nos locais onde escondia seu tesouro, trajando sua armadura e um manto branco, e assustando aqueles que tentassem roubá-los. 

Arte de Márcio Luiz Quedinho

fontes:

  • http://www.terrabrasileira.com.br/folclore/f45-casaca.htmlen
  • http://resumos.netsaber.com.br/resumo-94466/lendas-brasileiras--o-casaca-de-ferro--sudeste-

NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante e ajuda a manter o blog ativo!

4 comentários:

  1. cara muito bom, um espirito que guarda o tesouro que tinha em vida. Dava um bom guardião de uma missão de RPG.

    ResponderExcluir
  2. Poderia trazer mais sobre os fantasmas mineiro isso é só uma parte pois tem muitos fantasmas vagando em minas

    ResponderExcluir
  3. EU NÃO CONHECIA ESSE MITO.
    PARABÉNS POR NÃO DEIXAR ESSAS HISTÓRIAS DESAPARECEREM.

    ResponderExcluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby