26 de fevereiro de 2013

A Ilha das Bonecas

#ADM Sleipnir



Em uma sombria e assustadora ilha nos canais de Xochimico, perto da Cidade do México, fica o que pode ser a atração turística mais estranha e assustadora do mundo . No entanto, esta triste ilha não foi concebida para ser uma parada em itinerários dos turistas de férias. A Ilha das Bonecas foi dedicada à alma perdida de uma menina pobre que se encontrou o seu destino cedo demais.

A Ilha das Bonecas (Isla de las Muñecas) está localizada nos canais do sul da Cidade do México e é a atual casa de centenas de terríveis bonecas mutiladas. Seus membros decepados, cabeças decapitadas, e os olhos em branco enfeitam árvores, cercas e quase todas as superfícies disponíveis. As bonecas parecem ameaçadoras mesmo à luz brilhante do meio-dia, mas no escuro são particularmente assombrosas.



Não surpreendentemente, as origens da ilha encontram-se em uma tragédia. A história diz que o único habitante da ilha, Don Julian Santana, encontrou o corpo de uma criança que se afogou no canal cerca de 50 anos atrás. Ele foi assombrado por sua morte, por isso, quando ele viu uma boneca flutuando no canal, logo depois, ele pendurou em uma árvore para agradar a menina. Ele esperava tanto apaziguar sua alma torturada e proteger a ilha de posteriores males.

Uma boneca em uma árvore, no entanto, não foi suficiente para aliviar a mente perturbada de Santana. Ele continuou a pescar bonecas e peças de boneca para fora do canal sempre que ele as via, pendurando cuidadosamente cada uma delas na ilha. Não havia bonecas no canal suficientes para satisfazer o espírito torturado, então Santana começou a revirar os  montes de lixo que encontrava em suas  raras viagens para longe de casa. Mais tarde, ele começou a negociar frutas e legumes produzidas no seu lar, trocando-os por bonecas.


Muitas histórias têm sido associados com a ilha ao longo dos anos. Um conto popular era que Don Julian tinha enlouquecido e acreditava que os bonecos eram  crianças de verdade, que ele tirou do  e tentou reviver. Mas a verdade, como dito por membros de sua família, que agora correm a ilha como uma atração turística, é que Don Julian simplesmente acreditava que a ilha era assombrada pelo espírito da menina. Por razões conhecidas somente por  Don Julian, ele acreditava que ele poderia fazer a menina morta feliz e manter o mal na baía enforcando  bonecas descartadas em todas as árvores da ilha.

A história tomou um rumo particularmente sinistro em 2001, quando Don Julian morreu, aos 50 anos, afogado no canal exatamente como a menina. Muitas pessoas disseram que as bonecas, habitadas por espíritos torturados, conspiraram para matar o velho. Outros acreditam que a morte de Santana foi um acidente e que desde sua morte, as bonecas assumiram seu papel de zelador da ilha.


Embora a ilha não tenha recebido muita atenção turística durante a vida de Don Julian, tornou-se uma atração bem conhecida desde então. Equipes de televisão internacionais já filmaram -a  várias vezes, incluindo um show que alegou encontrar a prova que a ilha é assombrada.

Chegar na ilha é uma tarefa longa e difícil, mas andar entre os bonecos assustadores é uma experiência como nenhuma outra. A maioria, se não todas, destas bonecas foram rejeitadas pelos seus proprietários anteriores por várias razões. Membros decepados e corpos sem suas cabeças, pendurados lado-a-lado com bonecas totalmente esbranquiçadas pelo sol. O mofo cobre algumas, enquanto outras estão perdendo quase todo o seu cabelo artificial. Aranhas e insetos fixaram residência nas partes ocas da maioria dos bonecos.

Embora o sentimento Don Julian fosse inocente e admirável, o cemitério das bonecas que ele criou é inegavelmente assustador. Olhos sem alma seguem os visitantes conforme eles se movem ao redor da pequena ilha (que na verdade é um chinampa, ou jardim flutuante artificial), e muitos juram que podem ouvir as bonecas sussurrando para eles. Este trabalho de amor (ou medo, se olharmos por outro lado) resultou em uma sensação acidental entre aqueles que admiram o lado bizarro e deturpado do turismo.




fonte: http://weburbanist.com/2010/10/06/mexicos-creepiest-tourist-destination-island-of-the-dolls/
Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

3 comentários:

  1. Que meeedo, na boa?! eu não iria nesta ilha nem que fosse pra salvar a mniha vida,
    mas a lenda é muito boa, parabéns o site é ótimo eu viro a noite aqui lendo.

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby