Image Map

24 de abril de 2013

Agni

۞ ADM Sleipnir


Agni é um dos mais importantes deuses védicos. Ele é o deus hindu do fogo, o mensageiro dos deuses, o aceitante de sacrifício. Segundo as escrituras védicas, Agni está no coração de todos, ele é a centelha vital da vida, e assim uma parte dele está em todas as coisas vivas, ele é o fogo que consome o alimento nos estômagos das pessoas, assim como o fogo que consome as oferendas aos deuses .Ele é o fogo do sol, no raio iluminado, e na coluna de fumaça que detém os céus. As estrelas são centelhas de sua chama. Ele era tão importante para os antigos índios que 200 hinos do Rig Veda são dirigidas a ele, e oito dos seus dez livros começam com elogios dedicados a ele.

Agni está intimamente associado com o deus Indra, e às vezes é dito ser seu irmão gêmeo. Assim Dyaus Pita e Prthivi são nomeados como dois de seus pais. Mas sua paternidade é atribuída também a muitas outras figuras. Às vezes, Kasyapa e Aditi são ditos serem seus pais, outra vez que ele é o filho de uma rainha que mantém o segredo do seu nascimento de seu rei. Ele nasceu, assim como Indra, em pleno poder e vigor. Agni é também dito ser o filho de dez mães que são todas irmãs,  são elas os dez dedos do homem. Outra história diz que ele consumiu seus pais quando ele nasceu, como não puderam alimentá-lo, história essa que simboliza o nascimento do fogo  quando duas varas são friccionadas, que rapidamente são queimadas por ele. 

De acordo com o Vishnu Purana , Agni é o filho mais velho de Brahma e Svaha é sua esposa. Juntos, eles tiveram três filhos, Pavaka, Pavamana, e Suchi que por sua vez tiveram 45 filhos, que, incluindo seus pais e avó, totalizam 49, o número de fogos sagrados no Vayu Purana.

Quando Agni é descrito em forma antropomórfica, ele é às vezes descrito como possuidor de duas faces untadas. Ele tem sete línguas de fogo e afiados dentes de ouro. Ele é de cor vermelha, com os olhos pretos e cabelos selvagem, preto. Ele tem sete braços e três pernas, e sete raios de luz emanam de seu corpo. Ou ele aparece montado em um carneiro, ou em uma carruagem, puxada por bodes ou às vezes papagaios.

Agni ama todos os seus adoradores da mesma forma, e é amado por todos eles. Ele visita o lar de todos, não importa se é rico ou pobre. Ele é o mediador entre os deuses e os homens. Ele é um grande consumidor de Soma*. Agni também tinha o poder de conferir imortalidade aos mortais, bem como remover todos os pecados no momento da morte de alguém. Quando as pessoas utilizam o fogo, elas devem virá-lo na direção correta para diferentes usos. Quando voltado para o leste, o fogo deve ser usado para sacrifícios aos deuses, quando de frente para o sul, o fogo deve ser usado para sacrifícios aos Manes, ou espíritos dos mortos, o fogo para cozinhar deve ser sempre voltado para o Oeste. 

Nos últimos tempos, o culto de Agni caiu drasticamente. Ele tornou-se uma encarnação de Shiva/Brahma. Eventualmente, ele é invocado pelos amantes, e por homens que desejam aumentar a sua virilidade.

*Soma é uma bebida ritual da cultura védica e hindu, é também o nome da própria planta da qual se extrai a bebida, bem como a personificação do Deus dos Deuses.




NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

5 comentários:

  1. um detalhe importante é que ele teve 3 filhos q tiveram mais 45 filhos e formaram os 49 fogos místicos

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de dividir uma experiência com vocês.

    Tive uma celebração e durante está recebi em meu corpo físico a energia de uma divindade hindu, chamada AGNI, nunca tive muito contato com a cultura hindu, não conhecia quase nada. Ele se manifestou e pediu para as pessoas que estavam no local fazer um fogo no chão, logo que se fez o fogo começou um redemoinho de fogo que ficou com cerca de 2 metros e meio de altura, um pouco maior que minha altura e derrepente ele entrou com meu corpo dentro desse redemoinho, não me ficou marca nenhuma e nem dores, nem queimaduras, ele ficou uns 2 min dentro desse fogo e depois o redemoinho baixou e ele saiu, abraçou a moça e o moço que estavam me acompanhando e dançou com eles e depois foi embora. Eu fiquei como se estivesse de co-piloto, olhava meu corpo por trás.

    Sei que vai ter muita gente duvidando e fazendo piadinhas, mas eu tenho muita gratidão pelo que vivi e senti.

    ResponderExcluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo. Porém pedimos que evitem:

1)Xingamentos ou ofensas gratuitas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Desrespeitar gratuitamente o autor da postagem ou outro visitante. Mantenha a polidez;
6)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby