13 de abril de 2013

Manco Capac

۞ ADM Sleipnir




Na mitologia inca, Manco Capac foi o fundador de sua nação e um herói cultural que colocou os Incas no caminho para a glória. Existem várias versões de sua história.

A fonte mais conhecida, "Os Comentários Reais dos Incas" por Inca Garcilaso de 1a Vega, relata que o deus sol estava angustiado devido ao povo da terra não viver de uma maneira civilizada. Enquanto cruzava o céu a cada dia, ele via que eles usavam apenas folhas e peles de animais para vestuário, viviam em cavernas, e recolhiam as plantas selvagens e frutos para a alimentação. Então, o deus do sol decidiu enviar seu filhos Manco Capac e Mama Ocllo para ensinar as pessoas como melhorar o seu modo de vida. Ele deu a seus filhos uma haste dourada e disse-lhes para empurrá-la contra o chão onde eles pararassem para descansar. Quando eles chegaram a um ponto onde a vara afundou completamente no chão com um único impulso, eles devem construir uma cidade sagrada do sol, para ser nomeado Cuzco.

Partindo do Lago Titicaca, Manco Capac e Mama Ocllo vagaram pela terra e, finalmente, chegaram a um vale onde a haste dourada caiu facilmente no solo. Lá, eles reuniram todas as pessoas de perto e de longe e os ensinaram a construir casas, tecer, fazer ferramentas, e cultivar. Eles também ensinaram as pessoas a usar armas para que pudessem defender-se e derrotar os outros.

Manco Capac e sua irmã Mama Ocllo

Outra versão do mito diz que Manco Capac foi um dos seis irmãos que surgiram a partir de uma caverna perto de Cuzco. Os irmãos ganharam o controle sobre o povo da terra, e Manco Capac tornou-se o primeiro governante dos incas. Ainda um outro conto diz que Manco Capac enganava as pessoas fazendo-as acreditar que ele era o filho do deus sol. Ele fez isso estando em uma montanha, usando placas de prata que brilhavam ao sol e faziam ele parecer-se como um deus.

Manco Capac reinou sobre Cuzco por aproximadamente quarenta anos estabelecendo um código de leis no qual proibiu o sacrifício humano e o casamento entre irmãos. Mas estas leis não se aplicavam à nobreza inca e o próprio Manco Capac desposou sua irmã Ocllo e teve com ela um filho chamado Roca. Ele teria morrido em 1107.







Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

2 comentários:

  1. Está tudo ENTRELAÇADO no CADUCEU ou seja, no PLAGIO que é o CdLB. Mas, ninguem quer ACREDITAR que a "h"istoria é uma REPETIÇÃO de contos das placas cuneiformes sumerianas, só trocando os nomes dos personagens.

    Para+filhos+s ou seja, PARABÉNS, suas informações estão corretas com o que venho encontrando já uns 20 anos.

    Obs.: essas informações podem ser copiadas passando para frente ???

    ResponderExcluir
  2. Manco Capac é citado num texto do Lima Barreto: O feiticeiro e o deputado. No texto o narrador faz referência ao fato de que as pessoas creem no que querem crer e criam mitos em torno das pessoas. Esses mitos podem vir a ser transformadores da realidade das pessoas, como foi Manco Capac, que se revestiu da grandeza da crença das pessoas, ou pode se tornar uma perseguição para a pessoa que na verdade não é o que pensam dela.
    Quando pensamos em preconceito, logo pensamos em algo negativo. Mas na verdade quando você acredita que uma pessoa é grande e poderosa e dá a ela o poder de influenciar sua vida, isso também é um preconceito e a gênese de um mito.
    Vivemos criando figuras mitológicas em nossas vidas. Só que nem todas elas viram figuras lendárias e de importância histórica.

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby