29 de abril de 2013

Zmey Gorynych

۞ ADM Sleipnir



Os Zmey, Zmaj ou Zmiy (Serpentes) são dragões da mitologia eslava/russa, que são geralmente malignos e cospem fogo, como os seus homólogos ocidentais. O mais conhecido destes foi Zmey Gorynych, o dragão de três cabeças.Gorynych, como a maioria dos zmey, assemelha-se a hidra grega com três cabeças, que cresciam de volta sempre que eram cortadas, ao menos que todas as três fossem cortadas simultaneamente.. Alguns pesquisadores consideram-lhes personificações  de invasores estrangeiros, principalmente, a Horda Dourada

Ele é o principal antagonista em um famoso conto popular russo, em que ele captura uma nobre donzela e é, consequentemente, morto pelo herói popular Dobrynya Nikitich

O Bylina (poema épico) começa com a mãe de Dobrynya dizendo para o herói não ir às montanhas Saracen (região onde habitavam os de fé muçulmana), para não matar os bebês dos dragões, para não resgatar prisioneiros russos, e para não para tomar banho no rio Puchai. Dobrynya desobedece sua mãe e faz todas essas coisas. Enquanto ele se banhava no rio Puchai, aparece Gorynych. Dobrynya não tem nada para se defender, e pensa que vai morrer. Dobrynya então encontra o chapéu de um sacerdote grego (que era um tabu para o dragão), item esse que poderia usar como um perfeito escudo e arma. Então Dobrynya o usa e  derrota o dragão. 

O dragão implora para que Dobrynya não o mate e os dois fazem um pacto de não-agressão. Uma vez que o pacto é feito, o dragão voa e captura a sobrinha do príncipe Volodymir, Zabava Putyatishna.


Quando Dobrynya chega a Kiev, o príncipe Vladimir diz para Dobrynya resgatar sua sobrinha. Dobrynya retorna às montanhas Saracen com a ajuda de um chicote mágico dado a ele por sua mãe, e começa a lutar contra o dragão.

Dobrynya lutou contra o dragão, durante três dias. No terceiro dia da batalha sangrenta, Dobrynya sente vontade de desistir e cavalgar para longe, mas uma voz do céu diz-lhe para ficar e lutar por mais três horas. Após as três horas Dobrynya mata o dragão.

Após ele matar o dragão, o sangue não penetrou o chão, e Dobrynya e seu cavalo ficaram presos no sangue durante três dias. A voz do céu disse ao herói para enfiar a lança no chão e dizer um encantamento. O sangue foi então engolido pela terra e Dobrynya resgatou Zabava.


Gorynych é bastante semelhante aos dragões da Europa Ocidental, mas nem todos os zmey são vistos como maus. Embora lascivos e gananciosos, os dragões eslavos também são inteligentes e bem respeitados. De fato, acredita-se que muitos heróis eslavos possuem  conexões com dragões, talvez o mais notável seja Vlad III, a inspiração para o vampiro de Bram Stoker, cujo sobrenome significa "filho do dragão".




Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

2 comentários:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby