Image Map

15 de agosto de 2013

Chonchón

 ۞ ADM Sleipnir

Arte de Waldo Retamales

O Chonchón (também Chon-chon, Quilquil, Totué ou Tué-tué) é uma criatura originária da mitologia mapuche, posteriormente passando a integrar o folclore popular do Chile e do sul da Argentina. Assemelha-se a uma cabeça humana, com orelhas grandes em forma de asas, as quais permitem que ele voe, e também dotada de pernas e garras. Originalmente, trata-se de uma sinistra transformação realizada por kalkus (malignos feiticeiros ou bruxas mapuches), que ao untar seus pescoços com uma espécie de creme mágico, permitem que suas cabeças deixem seu corpo e se convertam nessa horrenda criatura.

Uma vez transformados em Chonchón, os kalkus saem durante a noite causando todo o tipo de infortúnios. Geralmente atacam pessoas que vagueiam sozinhas dilacerando seus pescoços e bebendo seu sangue, mas também atacam pessoas doentes, idosas ou simplesmente adormecidas em seus leitos. Além de reter o conhecimento e o poder que possui enquanto um kalku, o Chonchón também é invisível para pessoas comuns, o que facilita seus ataques. Um Chonchón só pode ser visto por outros kalkus, ou pelas machi, a contraparte benigna dos kalkus, e que usam de suas magias e seus espíritos familiares para eliminá-los.


A menos que você seja uma machi, pouco pode fazer contra um Chonchón. Dizem que enquanto voa, ele grita algo como "tué tué tué", que é considerado um presságio extremamente ruim, geralmente prevendo a morte de um ente querido. Embora não possa ser visto por pessoas comuns, estas podem ouvir esse som e quem sabe prever um ataque (mas provavelmente não consiga evitá-lo). Dizem que recitar certos hinos religiosos ou orações ou desenhar o selo de Salomão no chão faz com que ele vá embora ou mesmo caia no chão, permitindo que seja destruído. Também, dizem que se o corpo do kalku que originou o Chonchón for encontrado, deve ser virado de bruços, e dessa forma ele não conseguirá retornar ao corpo pela manhã.

Acredita-se que esse mito tenha influenciado outros mitos sobre aves consideradas agourentas do Chile, como o coo e o raiquén. 


Cultura Popular

Chonchón aparece nas franquias Castlevania, Terranigma e Shin Megami Tensei como um inimigo comum, sendo notável por suas grandes orelhas (na tradução original em inglês de Castlevania: Symphony of the Night, ele conhecido como Bitterfly). Além disso, o MMORPG Ragnarok Online contém um inimigo, que é chamado de "Chonchon", mas em nada se assemelha a criatura mitológica, em vez disso ele possui a forma de uma grande mosca.

Arte de Cristian Valdes

fontes:
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

Um comentário:

  1. Existe um digimon chamado DemiDevimon que se parece com esse mito, deve ser coincidência, mas de qualquer forma são parecidos.

    ResponderExcluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby