26 de agosto de 2013

Pluto

۞ ADM Sleipnir



Pluto (ou Ploutos, grego Πλοῦτος, "riqueza") era o deus da riqueza na mitologia grega. Na Grécia agrária, era primeiramente associado apenas à generosidade de ricas colheitas. Mais tarde, ele passou a representar a riqueza em termos mais gerais.

Pluto era filho de Deméter, deusa da agricultura, e do semideus Iásion, que foi morto fulminado pelo ciumento Zeus. Ele também foi dito ter sido filho de Hades e Perséfone. Muitas pinturas em vasos mostram ele ao lado do rei e da rainha do submundo. 

Pluto foi cegado por Zeus para que ele pudesse distribuir a riqueza indiferentemente, sem favorecer apenas os bons e os virtuosos. O deus era geralmente representado como um menino segurando uma cornucópia cheia de grãos, na companhia de sua mãe Deméter. Nas esculturas, ele foi muitas vezes mostrado como uma criança nos braços tanto de Irene, a deusa da paz, ou Tique, a deusa da fortuna. Pluto também era as vezes representado como um velho de olhos vendados carregando uma bolsa. 

Na teologia dos mistérios de Elêusis, Pluto foi considerado como sendo a Criança Divina. Mais tarde, Pluto foi relegado à categoria de deus secundário, e as suas funções foram incorporadas por Hades/Plutão.


Ânfora datada de 470 a.C. com uma figura de Hades/Plutão, portando uma cornucópia. Aqui o deus já possuía os atributos anteriormente pertencentes à Pluto

Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

Nenhum comentário:



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos / Ofensas;
-Incitar o ódio e o preconceito;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Reservamo-nos ao direito de remover qualquer comentário nessas condições.

De preferência, faça login com uma conta do Google, assim poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby