Image Map

25 de agosto de 2013

Geirrod

۞ ADM Sleipnir


Geirrod (nórdico antigo: Geirröðr) era um jotun (gigante de gelo) da mitologia nórdica, e um dos mais poderosos inimigos do deus do trovão, Thor. Ele e suas duas filhas, Gjalp e Greip, foram mortos por Thor, na história que se segue.

Numa ocasião, o deus Loki pegou o terno de falcão da deusa Frigga. Ao vestir esse terno, ele poderia voar sobre qualquer um dos nove mundos. Ele foi até Jötenheim, a terra dos gigantes, e parou para descansar em uma parede fora do salão de Geirrod. Geirrod viu o pássaro e mandou um servo subir a parede e capturá-lo. Loki viu quão longa e difícil era a subida, então ele esperou até o último momento antes de voar para longe, só para irritar o servo.


Ao se preparar para voar, Loki descobriu que seus pés estavam presos e que ele não poderia fugir. Ele foi então capturado e levado perante o gigante Geirrod, que pode ver através dos olhos do falcão, que ele era na verdade uma pessoa, e exigiu saber quem era. Loki permaneceu em silêncio. Geirrod trancou o falcão em uma caixa sem qualquer alimento. Depois de três meses, Loki decidiu se revelar. Geirrod diz para Loki que a única maneira dele evitar a sua morte era a promessa de trazer Thor até o seu salão, sem seu cinto de força Megingjord e sem o seu martelo Mjölnir. Loki concordou com o negócio e fez um juramento para vinculá-lo.

Como Thor confiava em Loki, ele concordou em ir para o salão de Geirrod, sem o cinto e sem o martelo Mjölnir. Felizmente para Thor, eles fizeram uma breve parada para descansarem, na casa de uma gigante chamada Grid (mãe do deus Vidar), e ela advertiu a Thor sobre o plano de Loki enquanto o mesmo estava dormindo. Ela emprestou a ele seu próprio cinto de força, luvas de ferro mágicas, e seu cetro. 


Então Thor (já totalmente equipado) e Loki continuaram a sua viagem rumo ao salão de Geirrod na manhã seguinte. Thor e Loki chegaram ao rio Vimur. Thor afivelou o cinto, agarrou seu cetro, entrou no rio, com Loki agarrado ao cinto. No entanto, Geirrod tinha visto eles chegando, e enviou sua filha para rechaçá-los. Ela começou a urinar dentro do rio, fazendo com que o nível da água subisse tão alto que Thor quase se afogou. Thor pegou uma pedra enorme e arremessou-o na boca do rio, bloqueando o fluxo. Ele nadou para a margem oposta, e se ergueu para a terra seca. Chegando ao salão de Geirrod, Thor e Loki foram recebidos em uma casa de cabras. Dentro dela havia uma única cadeira. Thor sentou-se nela e, imediatamente, as filhas de Geirrod correram para levantar a cadeira e apertá-lo contra o teto, ameaçando esmagá-lo. Thor usou o cetro para forçar a cadeira para baixo, e ouviu-se em seguida um estalo e gritos. Eram as filhas de Geirrod, Gjalp e Greip, que haviam sido esmagadas pela mesma cadeira. 

Em seguida Thor e Loki invadiram o salão de Geirrod, e o mesmo usou um par de pinças para pegar um lingote de ferro em brasa e arremessá-lo em Thor. Protegido por suas luvas de ferro, Thor pegou o ardente lingote, e atirou-o de volta contra o gigante. O gigante se refugiou atrás de um pilar de ferro, mas o lingote colidiu com o pilar, atravessando ele e Geirrod, matando-o. Assim, Thor e Loki puderam voltar em segurança para Asgard.

NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante e ajuda a manter o blog ativo!

Nenhum comentário:



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby