Image Map

5 de junho de 2015

Barong

۞ ADM Sleipnir

Arte de GaudiBuendia

Barong é um personagem pertencente a mitologia pré-hindu da ilha de Bali, na Indonésia. Ele é venerado como o rei dos espíritos e líder das forças do bem, além de protetor mágico das aldeias balinesas. Barong é o inimigo de Rangda, a rainha demônio e mãe de todos os espíritos malignos segundo as tradições mitológicas de Bali. A batalha entre Barong e Rangda é destaque nas tradicionais danças balinesas, representando a eterna batalha entre o bem e o mal. 

Iconografia

Barong é geralmente retratado como uma espécie de leão com a face vermelha e duas presas curvadas para baixo. Seu corpo é coberto de pelos brancos e espessos, e adornado com jóias douradas e pequenos pedaços de espelhos. Ele também é muitas vezes retratado acompanhado por dois macacos. Apesar desta forma leonina (chamada de Barong Ket) ser a mais famosa, existem ainda outras 4 formas, e cada uma delas protege uma região diferente da ilha. Suas outras formas são:
  • Barong Landung: forma de gigante;
  • Barong Celeng: forma de javali;
  • Barong Macan: forma de tigre;
  • Barong Naga: forma de dragão ou serpente.
Arte de kodoktua


Mitologia

A lenda mais famosa envolvendo Barong e Rangda é a seguinte: Rangda foi banida de Bali por Udayana, seu marido, devido a pratica de magia negra. Após a morte de Udayana, ela retornou a ilha (agora sob o reinado de seu filho, Airlangga) e invocou todos os espíritos maléficos da floresta, demônios e monstros para devastarem a mesma. Os soldados de Airlangga tentavam conter o ataque, mas as forças inimigas eram imensamente poderosas, então ele pediu ajuda a Barong, que logo veio para o combate. 

Temendo que a chegada de Barong desse vantagem aos soldados de Airlangga, Ranga lançou um poderoso feitiço sobre os mesmos, fazendo com que eles tentassem se suicidar apunhalando-se com os seus próprios keris (uma espécie de punhal). Para deter tal feitiço, Barong lançou um contra feitiço sobre os soldados, fazendo com que eles se tornassem imunes a qualquer dano causado por armas. Após um longo combate, Rangda e suas forças fugiram, e assim a ilha foi salva.

Barong (esquerda) e Rangda (direita)
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

3 comentários:



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby