Image Map

4 de novembro de 2016

Branwen

Branwen ("corvo branco" em galês) é a deusa galesa do amor e da beleza, equivalente à deusa Afrodite/Vênus. Ela é uma das três matriarcas da Grã-Bretanha, juntamente com Rhiannon e Arianrhod, e a principal deusa de Avalon. Em algumas lendas arturianas, Branwen é considerada a Dama do Lago.

Também chamada de "seios brancos" ou "vaca prateada", Branwen está associada à lua e à noite. Foi cristianizada como Santa Brynwyn e é a padroeira dos namorados. Seus atributos mágicos são a inspiração, as novas ideias, a energia, a vitalidade e a liberdade. Na tradição Avalônica, Branwen corresponde ao espírito dos elementais e é a incorporação da Terra.

Mitologia

Branwen era filha de Pennardunn e Llyr, deus galês do mar. Tinha como irmãos Manawydan, Bran, o Abençoado e meio-irmãos Nilsien e Efnisien. 

Bran, rei da Grã-Bretanha, concedeu a mão de Branwen em casamento ao grande rei da Irlanda, Matholwch, com o intuito de propor uma aliança entre os seus países. Uma grande festa foi organizada para celebrar tão grandioso acontecimento. Efnisien, um meio-irmão de Bran, ficou irritado por não ter sido consultado por Bran e em sua fúria mutila os cavalos de Matholwch. Matholwch toma a atitude como um insulto grave e manda seus homens prepararem os navios para regressar à Irlanda. Bran intercede à tempo, oferecendo-lhe ricos presentes em prata e ouro para acalmá-lo. O novo casal parte então para a Irlanda e um ano após nasce Gwern. Apesar de tudo, Matholwch ainda guardava mágoas do ocorrido com os seus cavalos. Rumores do acontecido foram ouvidos por seus súditos, que desaprovaram a atitude do rei. Cedendo aos seus conselhos, Matholwch resolveu vingar-se de Bran através de sua irmã. Sendo assim, expulsou-a do leito nupcial real e a mandou para a cozinha, onde além de ser obrigada a realizar duras tarefas, era periodicamente maltratada a mando do marido.

Esta dura situação durou três anos. Durante este período, Branwen treinou um pássaro para enviar uma mensagem até seu irmão em Gales. Desta forma, Bran foi avisado de que ela corria perigo e necessitava de ajuda. Enfurecido, ele preparou seu exército e cruzou o mar em direção à Irlanda. 


Enquanto isso, Matholwch sofria com a incomum visão de uma floresta materializando-se no mar. Estarrecido com tal visão, ele chama Branwen para interpretá-la, e ela lhe explica que tratava-se da esquadra de seu irmão chegando para resgatá-la.

Matholwch preparou um grande banquete para receber Bran, e durante este, abdicou seu trono em favor de seu filho Gwern, ainda criança. Neste exato momento, Efnisien e Bran, juntamente com toda sua guarda chegam. Amigavelmente, Efnisien pede ao rei da Irlanda para abraçar o menino e obtêm o seu consentimento. Quando Gwern vai ao seu encontro, ele o lança no fogo. Imediatamente o grande banquete torna-se uma batalha sangrenta. Após três dias, o exército de Gales sai vitorioso, mas o custo é altíssimo, pois seu exército fica reduzido à sete sobreviventes, entre os quais estava o irmão de Bran, Manawydan. Antes de morrer Bran ordena que seja decapitado e sua cabeça seja enterrada na Montanha Branca, em Londres, onde ficaria olhando em direção ao continente e protegeria seu país de invasões futuras.

Ao retornar, Branwen entrou em profunda depressão, pois considerava-se maldita por ter provocado esse terrível conflito. Ela acaba morrendo, e seu corpo é enterrado às margens do rio Alaw, segundo a tradição, em Bedd Branwen ("Tumba de Branwen"). 

Para ler uma versão mais ampla desta lenda, recomendo a leitura da postagem sobre Bran, o Abençoado: http://portal-dos-mitos.blogspot.com.br/2016/04/bran-o-abencoado.html



fontes:

NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante e ajuda a manter o blog ativo!

Nenhum comentário:



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby