10 de março de 2017

O Gigante Adormecido da Baía de Guanabara

۞ ADM Sleipnir


Ao chegar ao Rio de Janeiro pelo mar, e ver de longe a formação montanhosa que circunda a baía de Guanabara, tem-se a impressão de que ela forma o vulto imenso de um homem deitado. Olhando para a paisagem, é possível distinguir perfeitamente a cabeça, o peito, as pernas e os pés. Esta formação montanhosa se estende por sete bairros (Barra da Tijuca, São Conrado, Leblon, Ipanema, Copacabana, Botafogo e Urca) e seu comprimento se estende por cerca de 18 quilômetros.

Uma foto antiga da região

Uma foto atual

De acordo com uma antiga lenda, este vulto é na verdade o corpo de um gigante que há milhares de anos, guardava a baía de Guanabara, e que após ter assassinado uma bela índia, foi transformado por Deus em pedra. 
Uma história contada por pescadores diz que o gigante de pedra ás vezes se levanta e "vai passear". Para isso, ele invoca as nuvens e cobre os morros com um forte nevoeiro, para que assim ninguém note a sua ausência. Esta história em particular é contada pelos seguintes versos de Wilson Rodrigues: 

Dizem os homens do mar
Que, quando o gigante dorme, 
 Parece que sonha com o sol! 
Nos dias de muita luz, 
Quando saem para pescar, 
Lá vêem, deitado na serra,  
O gigante a sonhar. 
Ai! quando há nevoeiro, 
O gigante nos abandona.
 Para onde o gigante vai? 
Vai pelo caminho das estrelas? 
Vai pelos vales distantes? 
Ninguém sabe para onde ele vai...
 Mas, o nevoeiro passa, 
E o gigante volta 
Para dormir sobre a serra,
 Bem junto do mar... 
Volta, gigante de pedra,
 Dorme, que a luz do sol é o teu luar!

Essa lenda também inspirou a famosa propaganda da Johnnie Walker:



fontes:
Obrigado por sua visita! Se gostou da leitura, por favor deixe um comentário. Compartilhe nossas postagens nas redes sociais!

Um comentário:

  1. bem que voceis poderiam fazer sobre parasitas youkai ou parasitas sobrenaturais

    ResponderExcluir



Seu comentário é importante e muito bem vindo. Só pedimos que evitem:

-Xingamentos ou ofensas gratuitas;
-Comentários racistas e/ou xenófobos;
-Spam;
-Publicar referências e links de pornografia;
-Desrespeitar o autor da postagem ou outro visitante;
-Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Removeremos quaisquer comentários que se enquadrem nessas condições.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderemos responder seus comentários de forma mais apropriada, e você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby