Image Map

27 de agosto de 2021

Encourado

۞ ADM Sleipnir


O Encourado é um vampiro que acredita-se pertencer ao folclore nordestino, porém muito poucos sabem sobre ele ou já ouviram falar. As únicas referências que podemos encontrar a respeito é a obra de Ariano Suassuna, "O Auto da Compadecida", onde ele utilizou o nome como um dos nomes do Diabo, e uma antiga revista chamada "VAMPIROS: Lendas e Fantasias, volume 2", publicada em 1992.


Nessa publicação em particular, a autora Nina Balle relata que "o Encourado é um homem de hábitos noturnos, que se veste completamente de couro preto e cheirando à sangria. Sua presença é dita inspirar medo e respeito. Como outros vampiros, ele só entra nas casas em que for convidado, no entanto, ele consegue arrumar um jeito de ser convidado. Ele preferência em atacar pessoas que não frequentam a igreja, e além disso, ele já sabe de antemão quem são estas pessoas. Assim, ao chegar num povoado, ele já tem em mente quem procurar primeiro. 

Por onde o Encourado passa, as galinhas param de botar ovos e não comem direito. Os cachorros não saem de casa e gemem o dia inteiro. Até mesmo, os urubus e carcarás, que são aves carniceiras, desaparecem para bem alto e longe. Ao pressentir sua presença, os moradores costumam sacrificar algum animal, pois acreditam que feito isso ele irá embora. Conta-se que no passado havia sacrifícios de pessoas indesejáveis, como criminosos e até mesmo de crianças. Entretanto, diz-se que basta oferecer simplesmente uma galinha preta ou galo vermelho para afugenta-lo sem contudo ofendê-lo. A oferenda, no entanto, deve ser pendurada na entrada principal da cidade, pois o Encourado só entra pela porta da frente."

Se você leitor conhece algo mais a respeito dessa lenda, entre em contato.

fontes:
NÃO DEIXE O BLOG MORRER! Separe um minuto para comentar, elogiar ou criticar as publicações. Faça também sugestões. Sua interação é importante ajuda a manter o blog ativo!

8 comentários:

  1. Isso é assustador e legal ao mesmo tempo, um vampiro cangaceiro. muito bom o post

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado! É uma pena que não haja mais nada sobre ele por aí, é um personagem bem obscuro e talvez tenha sido inventado pela autora da revista na época.

      Excluir
  2. Muito bom o trabalho que faz não deixe o blog morrer obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado você! Sigo fazendo o possível para manter o blog em atividade trazendo o melhor conteúdo possível. Ano quem vem completarei 10 anos de blog, e muitas postagem virão.

      Excluir
  3. Quem sabe algum dia um folclorista nordestino saia viajando pelo interior do nosso nordeste recolhendo e registrando os contos dos antigos...

    Parabéns pela matéria e pelo blog!

    ResponderExcluir
  4. Cheguei aqui por causa da Música do Kamaitachi " O Treco ", o Brasil tem mais lendas doq eu imaginava.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me esforçando para trazer mais e mais lendas de nosso país para o blog.

      Excluir



Seu comentário é muito importante, e muito bem vindo, porém peço que evitem:

1) Xingamentos ou ofensas gratuitas ao autor e a outros comentaristas;
2)Comentários racistas, homofóbicos, xenófobos e similares;
3)Spam de conteúdo e divulgações não autorizadas;
4)Publicar referências e links para conteúdo pornográfico;
5)Comentários que nada tenham a ver com a postagem.

Comentários que inflijam um desses pontos estão sujeitos a exclusão.

De preferência, evite fazer comentários anônimos. Faça login com uma conta do Google, assim poderei responder seus comentários de forma mais apropriada, e de brinde você poderá entrar no ranking dos top comentaristas do blog.



Ruby